NoPonto.
Do Mais Goiás

Com entrada controlada, Câmara de Goiânia retoma sessões presenciais

Decreto Legislativo que preserva contratos temporários deve ser pauta, nesta terça-feira

Projeto de compensação a temporários deve ser votado na próxima semana
Projeto de compensação a temporários deve ser votado na próxima semana

A Câmara de Goiânia realiza sua primeira sessão presencial “aberta”, desde o dia 18 de março, nesta terça-feira (4), às 9h. De lá para cá até tiveram alguns encontros, mas liberados apenas para os parlamentares e servidores da Casa para assessoramento técnico. As restrições ocorreram por causa da pandemia do novo coronavírus.

Segundo informado, as pessoas precisarão usar máscara para entrar no parlamento, que também irá disponibilizar álcool em gel, equipamentos de proteção individual (EPI), etc. Apesar disso, haverá controle na porta.

A intenção é que o menor número de pessoas possível vá ao local. Inclusive, aos jornalistas, se for possível, é recomendado o acompanhamento remoto, pelo Youtube da Casa de Leis.

Em relação a pauta, a expectativa é que, nesta terça-feira, seja tratado do Decreto Legislativo que preserva os servidores temporários. No último dia 22, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Câmara aprovou este texto pela revogação de trecho de decreto publicado pelo prefeito Iris Rezende (MDB) para suspender 3,1 mil contratos temporários no Paço Municipal. Foram quatro votos favoráveis e três abstenções.