Eleições 2020

Caiado entre Goiânia, Anápolis e Aparecida

Governador articula alianças e candidaturas nos três maiores colégios do Estado


Altemar Santos
Do Mais Goiás | Em: 05/07/2019 às 17:54:59

Contas do governo de Ronaldo Caiado serão analisadas na segunda (13). (Foto: Divulgação)
Contas do governo de Ronaldo Caiado serão analisadas na segunda (13). (Foto: Divulgação)

O governador Ronaldo Caiado (DEM) tem olhado com muita atenção para as eleições municipais em Goiânia, Anápolis e Aparecida, os maiores colégios eleitorais do Estado. Ele e seu grupo sabem que o resultado do ano que vem nas urnas inicia o tabuleiro político para a sucessão estadual e que precisam fortalecer a base governista nos municípios, já que o democrata não será mais candidato de oposição e terá de defender a continuidade da sua gestão.

Em Anápolis, o governador enxerga no prefeito Roberto Naves (PTB) um potencial e forte aliado e tem demonstrado total interesse de apoiar a sua reeleição, se possível, indicando um nome para a vaga de vice-prefeito na chapa. Quando sempre que possível, tem conversado com Roberto. Caiado também não deseja ver o PT, com uma eventual candidatura do deputado estadual Antônio Gomide, retomar o comando da prefeitura de Anápolis.

Em Aparecida, o núcleo caiadista vê numa possível reeleição de Gustavo Mendanha o porto seguro para o ex-deputado e presidente estadual do MDB, Daniel Vilela, manter vivo seu projeto de disputar o governo de Goiás em 2022. O problema: até agora não encontrou um nome competitivo para lançar na cidade. Tem insistido para convencer o deputado federal Glaustin da Fokus, mas pesquisas mostram que ele terá muita dificuldade de enfrentar o prefeito. Para sua candidatura se tornar viável, o governo terá de costurar e garantir uma ampla aliança em Aparecida para fazer alguma frente ao Mendanha.


Publicidade