Estratégia

Aliados receosos com estratégia de Marconi contra Caiado

Volta de Marconi ao cenário político e estratégia para se contrapor ao governo Caiado não é unanimidade entre tucanos e aliados.


Altemar Santos
Do Mais Goiás | Em: 09/07/2019 às 12:34:53

Defesa de Marconi classifica como 'benéfica' a audiência de instrução sobre acusação de caixa 2 (Foto: Reprodução)
Defesa de Marconi classifica como 'benéfica' a audiência de instrução sobre acusação de caixa 2 (Foto: Reprodução)

Uma parte dos aliados do ex-governador Marconi Perillo (PSDB) está receosa com a estratégia do ex-governador de começar a sair do isolamento e colocar o partido para contrapor de forma mais ostensiva o governo Ronaldo Caiado (DEM).

A mudança de postura foi definida ontem em reunião de lideranças tucanas na chácara de Marconi, em Pirenópolis. Participaram, entre outros, o ex-governador José Eliton e o presidente do PSDB em Goiás, prefeito Jânio Darrot.

Para algumas lideranças marconistas, os desgastes do PSDB em Goiás ainda estão muito latentes e colocar a cabeça para fora neste momento pode reacender a rejeição popular a Marconi e ao partido, além oferecer a Caiado sustentação para reforçar seu discurso de herança maldita.

Avaliam dentro desta lógica que, se o governo hoje sofre desgastes por ainda estar preso numa postura eleitoral, uma ação de enfrentamento do PSDB poderia respaldar o discurso de Caiado perante a população.

A ala do PSDB que quer acirrar o enfrentamento afirma que já deram seis meses para que o novo governo deslanchasse, o que não ocorreu, e que é necessário cobrar resultados e defender o legado do partido, apontando as diferenças de estilo entre Marconi e Caiado.

O tucano participou de missa em Trindade no domingo. Mas ele optou por ir na celebração das 5 da manhã, que é menos concorrida que os demais horários.


Publicidade