"Não sabe o prazer que é estar de volta!"

Globo recontrata Izabella Camargo após decisão judicial

Jornalista foi demitida após voltar de uma licença-médica enquanto se tratava da Síndrome de Burnout. Ela será redatora de notícias do G1


Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 23/09/2019 às 16:27:48

Globo recontrata Izabella Camargo após decisão judicial (Foto: Reprodução/TV Globo)
Globo recontrata Izabella Camargo após decisão judicial (Foto: Reprodução/TV Globo)

A Globo reintegrou a jornalista Izabella Camargo no quadro de colaboradores da emissora nesta segunda-feira (23). A volta da profissional ocorre após decisão judicial depois da mesma ser demitida no ano passado após retornar de licença-médica. Ela estava sob tratamento da Síndrome de Burnout.

De acordo com o site Notícias da TV, Izabella volta à Globo não na apresentação de telejornais, mas como redatora de notícias do G1. Em 4 de julho deste ano, o Tribunal Regional de Trabalho (TRT) paulista determinou que a jornalista fosse recontratada pela emissora. Um oficial levou a notificação até o prédio da emissora na capital paulista.

Nas primeira horas, Izabella postou a foto de um crachá com a seguinte legenda: “Recomeçando no dia da chegada da primavera!”

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Izabella Camargo (@izabellacamargoreal) em

Relembre o afastamento de Izabella da Globo

Em novembro do ano passado, a jornalista foi demitida após retornar de um licença-médica. Em agosto, ela chegou a sofrer um apagão ao vivo durante o programa Em Ponto, da GloboNews, enquanto interagia com José Roberto Burnier.

Estava falando do tempo nas capitais e não conseguia lembrar de Curitiba. Só falava ‘no Paraná, no Paraná, no Paraná’, até que o Burnier falou Curitiba. Não lembrava da capital do meu Estado”, disse a profissional à reportagem.

No mesmo dia, Izabella foi ao médico e o mesmo a diagnosticou com risco de convulsões e a mandou se afastar para descansar e tratar da doença. Síndrome de Burnout consiste no desgaste emocional que danifica aspectos físicos e psíquicos da pessoas. Com isso, se reduz a naturalidade e a velocidade com que ela realiza tarefas.

Desde 2014 , Izabella apresentava previsão do tempo no Hora 1 e Bom Dia Brasil. Ela também substituía Monalisa Perrone, na apresentação do primeiro telejornal da emissora e, eventualmente, César Tralli e Carlos Tramontina, nos telejornais locais.

Ela, após conselhos do médicos, pediu para os chefes na Globo para que pudesse mudar de turnos durante alguns meses para amenizar os efeitos da síndrome. Izabella chegava às 3 horas da madrugada na emissora. Ao longo do dia, fazia quatro entradas no Hora 1, ficava 20 minutos falando de meteorologia na GloboNews e, posteriormente, também falava sobre o tempo no Bom Dia Brasil.


Publicidade