Estreia

Mostra de cinema dirigido por mulheres chega à 5ª edição

Com o tema “resistência, em 2020, o evento “Elas Fazem Cinema” será on-line e contará com mulheres cineastas de todo País


Maraisa Lima
Do Mais Goiás | Em: 16/09/2020 às 13:37:55


O Grupo de Estudos e Pesquisa em Gênero e Cinema da Faculdade de História da UFG realiza, entre os dias 18/09 e 20/10, a 5º Edição da Mostra “Elas fazem Cinema”, composta exclusivamente por filmes dirigidos por mulheres. Neste ano, devido à pandemia, o evento será realizado online.

Serão 5 semanas consecutivas com 18 obras cinematográficas feitas por mulheres e seguidas de 5 lives de diálogos sobre os filmes, cuja temática central é a “Resistência”. Participarão diretoras, inclusive premiadas, de diferentes cidades do Brasil.

Os links dos filmes e das lives serão liberados para acesso antes de cada sessão, em datas específicas. As informações da Mostra Elas Fazem Cinema estão disponíveis na programação geral no site da mostra.

Por que falar sobre “resistência?

A resistência é um conceito inter-transdisciplinar que se refere ao coletivo e também ao individual. Pode implicar mobilizações sobre infraestrutura e também sobre direitos. Pode ser uma ação ou um ato simbólico. Pode ser um movimento político-social, ou uma expressão artística.

Tendo em vista este conceito podemos ilustrar a temática a partir do filme “Ângela”, dirigido por Marília Nogueira. A personagem principal trava uma vida de resistência contra sua doença e contra o sistema medicinal.

A transição do espaço individual para o coletivo na obra ocorre quando suas vizinhas começam a notar a solidão de Ângela e passa a integrá-la nas atividade diárias em grupo.

Cada dia da Mostra Elas Fazem Cinema acompanha os subtemas:

  1. Resistência: manifestação de rua;
  2. Resistência: sororidade e organização social
  3. Resistência: memória, ancestralidade e afetos
  4. Resistência: corpo, trabalho e linguagem
  5. Resistência: gênero, sexualidade e afetos

Vale lembrar que o fato de trazer produções feitas por mulheres já é em si um ato de resistência. Por muitos anos a mulher tem sido invisibilizada da história do cinema. Portanto, a promoção de espaços e eventos como a Elas Fazem Cinema tem o intuito de assegurar a voz e garantir a visibilidade para as diretoras.

Convidadas para a mostra 

O primeiro dia de programação terá como convidada para a live a diretora Eliza Capai, formada em Comunicação e Artes pela Faculdade de São Paulo. Sua carreira rendeu várias web-séries, transmitidos nos canais GNT e TV Futura, documentários, curtas e longas que percorreram festivais de todo o Brasil.

Dentre sua filmografia, o filme escolhido para a 5 º Elas Fazem Cinema: Mostra de Filmes Dirigidos por Mulheres foi o longa metragem “Espero Tua (Re)volta” lançado em 2019.

O documentário trata do Movimento Estudantil que ocupou as escolas em 2015. A intenção é compreender as ocupações trazendo arquivos gerados desde 2013, com olhar voltado para os estudantes que participaram da ação.

Outra importante diretora participante da Mostra é Natasha Neri, autora de “Luto Para Nós é Verbo” (2018). O filme registra o 3 importantes encontros de mães e familiares vítimas da violência do Estado de São Paulo.

O resultado gerado pela força de vontade e os afetos dessas personagens resultam no engajamento em prol da justiça e contra o racismo.

Os links para acesso ficarão disponíveis por tempo limitado; portanto, acompanhe a programação para não perder os prazos estipulados pela Mostra. As datas e horários das 5 lives serão divulgadas no Instagram e no Facebook do Grupo de Estudo e Pesquisa em Gênero e Cinema.

INFORMAÇÕES:

Alcilene Cavalcante – (62) 9 8106-1711

Dare – (62) 9 9204-4592

Carla de Abreu – (62) 9 9246-9422

Maria Ritha Paixão – (62) 9 8372-5209

E-mail – [email protected]

Tópicos

    Publicidade