Kossa Aqui
Do Mais Goiás

Renan Calheiros de relator é péssimo para Bolsonaro

Senador alagoano poderá se vingar com requintes de crueldade por derrotas que presidente lhe impôs

Todos sabem que as peças da política se movem como num jogo de xadrez. Costuma se dar bem nessa seara quem tem maior capacidade de antever as jogadas, que sabe se posicionar de acordo com os movimentos do adversário e quem, no momento exato, dá aquele xeque-mate cabal. Não é coisa para amadores. Para quem fala o que pensa sem refletir as consequências. A CPI da Pandemia instalada agora no Senado Federal escancara o quanto Renan Calheiros é um profissional da política, enquanto Jair Bolsonaro é um garoto birrento que a tia colocou de castigo no canto da sala por mau comportamento.

Atenção: não há juízo de valor nessa análise, somente um constatação. Com isso claro, sigo.

A vingança é um prato que se come frio. Aqui sim, enrolado Eduardo Pazuello, na hora H, no dia D. Calheiros sabe disso. Tem consciência de que a hora da forra chegou. E que Bolsonaro tem muito pouco a fazer, fora aquilo que já faz diariamente: reclamar para os desocupados que engolem os perdigotos presidenciais no cercadinho do Palácio da Alvorada.

Você acha que o senador alagoano se esqueceu de como o Governo Federal articulou sua derrota para Davi Alcolumbre na disputa pela presidência da Casa? Você acha que ele está satisfeito com os ataques aos governadores, sendo que seu filho é o governador de Alagoas? Você acha que a raposa experiente deixará barato todos pontapés distribuídos pelas milícias digitais bolsonaristas nos últimos anos? Leitor inteligente que você é, seu que as respostas já estão na ponta da língua.

Renan não vai aliviar uma vírgula para Bolsonaro, caso realmente seja confirmado na relatoria da CPI. Que Bolsonaro comece as lamúrias e ameaças. Essas tão vazias quanto a cabeça que o pescoço presidencial dá suporte.

Bolsonaro é um leão desdentado que ruge e ninguém mais teme. Fraco, acuado, amedrontado e que percebe que seu tempo áureo passou.

A CPI da Pandemia parece ser o início do ocaso de Bolsonaro. E é isso que tanto incomoda o presidente.

@pablokossa/Mais Goiás | Foto: Agência Brasil