Energia Goiás

Resultado

Enel anuncia cumprimento de metas acordadas em plano de ações para 2019

“Obras importantes foram aceleradas e estamos investindo em tecnologia para alcançarmos resultados cada vez melhores", diz presidente José Luis Salas


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 16/01/2020 às 17:25:01

Enel oferece negociação de faturas atrasadas com parcelamento em até 10 vezes (Foto: Reprodução)
Enel oferece negociação de faturas atrasadas com parcelamento em até 10 vezes (Foto: Reprodução)

No fim de agosto passado a Enel Distribuição Goiás assinou um plano de ações e investimentos com o Ministério de Minas e Energia, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e o Governo Estadual. Nesta quinta-feira (16), a empresa informa ter encerrado ano de 2019 com o cumprimento deste acordo.

Segundo a distribuidora, a empresa superou a meta, na verdade, alcançando 104% do previsto, se for considerado as principais demandas: atendimento à demanda reprimida, instalação de bancos capacitores para melhoria da qualidade e novas conexões rurais.

José Luis Salas, presidente da Enel em Goiás, comemora os resultados. Para ele, foram implementadas, em poucos meses, ações complexas, e a empresa cumpriu rigorosamente o cronograma estabelecido para acelerar o aumento da oferta de energia e melhorar a qualidade do serviço em todo o Estado. “Obras importantes foram aceleradas e estamos investindo em tecnologia para alcançarmos resultados cada vez melhores. Nosso foco é contribuir para o desenvolvimento do Estado e oferecer um serviço com a qualidade e a rapidez que o povo goiano precisa e merece”, afirmou.

Detalhes

Vale destacar que, de agosto a dezembro de 2019, foram entregues duas grandes subestações. Uma delas em Mineiros e outra em Anápolis. Ao todo, foram 200 mil clientes beneficiados.

A empresa ressalta, também, a conclusão da ampliação e modernização de outras 20 subestações e da construção de mais de 1,2 mil quilômetros de linhas e redes. Ainda no ano passado, a Enel inaugurou a Subestação Buritizinho, na zona rural de Orizona.

“Em geral, entre o planejamento e a construção de uma nova subestação, leva-se em média quase dois anos. Conseguimos antecipar as obras e entregamos as novas subestações em Goiás em apenas 14 meses, o que atesta a seriedade do trabalho que estamos desenvolvendo”, destaca Salas.
Com estas obras concluídas foram acrescentados 102 MVA de potência instalada ao sistema elétrico goiano. Ou seja, 102% do total previsto para dezembro, conforme colocado pelo acordo de agosto.

Outras previsões

O acordo prevê, do mesmo modo, a aceleração das conexões dos clientes rurais. De sua assinatura a dezembro foram 709 novas conexões rurais concluídas (103% do total previsto para o período). No futuro, a expectativa da Enel é aumentar expressivamente o número de conexões por ano, para cumprir com as solicitações históricas geradas nos últimos 10 anos.

Outra previsão era de, até o final de dezembro passado, liberar 207 MVAr por meio da instalação de bancos capacitores em subestações. Foram liberados 222 MVAr, graças a aceleração das obras: 107% da meta batida. Com isso, garante-se o atendimento à 100% da demanda reprimida, acumulada durante anos de falta de investimentos em Goiás.

Destaca-se, ainda, que a companhia vai entregar, ao todo, 17 novas subestações, a fim de cumprir a meta estipulada. E, ainda, realizará a expansão e a modernização de outras unidades em todo o Estado. Apenas em 2020, está prevista a inauguração de outras seis novas subestações e a ampliação de mais 121.

Com isso, em 2022, se somarão aproximadamente 1.500 MVA de potência ao sistema elétrico goiano. Isso vai representar 26% da capacidade da rede de distribuição em Goiás, o que será suficiente, por exemplo, para abastecer as cidades de Goiânia, Anápolis, Rio Verde e todos os 28 municípios da Região Metropolitana.

Da mesma forma, a ampliação de oferta de energia em Goiás, segundo a Enel, vai contribuir com a melhoria da qualidade e da confiabilidade do serviço, e será suficiente para atender ao desenvolvimento das indústrias já existentes, bem como apoiar a instalação de novas empresas, contribuindo para o crescimento de Goiás.


Publicidade