Coluna da Tainá Borela
Do Mais Goiás

Vitti vislumbra Goiás de volta à vanguarda da industrialização

Secretário de Indústria e Comércio do governo Caiado avalia que estagnação do Estado não é um problema para o setor

José Vitti não descarta possibilidade de disputar paço de Goiânia
Secretário de indústria e Comércio, José Vitti (Foto: Divulgação)

Terceiro nome no comando da Secretaria de Indústria e Comércio (SIC) em Goiás durante a administração do governador Ronaldo Caiado (DEM), o ex-deputado estadual José Vitti conversou com a coluna sobre o desempenho industrial mediano de Goiás na última década e afirmou que o dado divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), nesta segunda-feira (17), que revelou que o Estado estagnou na industrialização e atração de novas empresas entre os anos de 2008 e 2018, será um balizador para que novas medidas sejam tomadas. “Estamos trabalhando com novas políticas públicas de atração de empresas para que sejamos mais competitivos daqui cinco anos”. Vitti, que é empresário do ramo da mineração, contou que entre as novas ações do governo estadual para colocar Goiás na vanguarda do desenvolvimento industrial é trazer indústrias de tecnologia e de e-commerce. “Estamos no centro do Brasil, o que é ótimo para a logística. Se fizermos isso sairemos na vanguarda”. Para o ex-presidente da Assembleia, o mapeamento com a potencialidade de cada mesorregião do Estado, que está sendo feita pela SIC, e o desenvolvimento de projetos para agregar valor às commodities produzidas aqui será um impulso a mais para que Goiás retome o crescimento industrial.

Grupo
Assim como um dos seus antecessores, o empresário e ex-senador Wilder Morais, Vitti diz que tem uma “relação de confiança com o empresariado goiano”. Até mesmo com o presidente da Fieg, Sandro Mabel, que Vitti criticou, na semana passada, ao dizer que ele usa o cargo para se cacifar politicamente.

Meio de campo
Além de secretário, Vitti tem sido também um articulador político fundamental para Ronaldo Caiado. Amigo do presidente do MDB, Daniel Vilela, de quem foi colega na Assembleia Legislativa, ele tem feito parte da tentativa de aproximação entre o governador e o emedebista.

Andorinha só não faz verão
Mas Vitti enfatizou à coluna que não basta só a vontade de Daniel, mas sim o MDB “vir de braços abertos”.

Estreitando laços
O governador Ronaldo Caiado recebe hoje a noite, no Palácio das Esmeraldas, a sua base de deputados estaduais para um jantar. É o primeiro encontro de toda a base com o governador neste ano.