Coluna da Tainá Borela
Do Mais Goiás

Henrique Meirelles vê como natural aliança do PSD com Caiado

Ex-ministro vai começar a trabalhar sua pré-candidatura ao Senado em Goiás

Henrique Meirelles vê como natural aliança do PSD com Caiado
Henrique Meirelles vê como natural aliança do PSD com Caiado (Foto: Reprodução)

Com a presença esperada para o encontro do PSD em Goiânia na próxima sexta-feira (25), o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles considera natural uma aliança do seu partido com o governador Ronaldo Caiado (DEM) para as eleições do ano que vem. O ex-ministro, que pretende ser candidato ao Senado por Goiás, busca vaga na chapa do governador, mas o desejo de Meirelles esbarra em dois problemas. O primeiro é a relutância do presidente estadual do PSD, Vilmar Rocha, em compor o governo do democrata. Vilmar tem histórico de alianças e amizade com o maior adversário de Caiado em Goiás, o ex-governador Marconi Perillo, e, apesar das pressões internas de filiados importantes como o senador Vanderlan Cardoso (PSD) e o deputado federal Francisco Jr. (PSD), não está disposto a ceder tão facilmente. Outra pedra no caminho de Meirelles é a aproximação de Caiado com o MDB, que pode render a vaga ao Senado para Iris Rezende ou Daniel Vilela.

Reservado

Logo após a agenda partidária, Meirelles segue rumo ao Palácio das Esmeraldas para se reunir com Caiado. É a primeira vez que eles se encontram após filiação do ex-ministro ao PSD.

Ponte

Francisco Júnior também tem deixado o caminho para uma aliança do PSD com o DEM aberto. “Sempre miro na ponte e não no abismo. Tenho toda disponibilidade de ter um bom diálogo com o governador”, afirmou o deputado em entrevista recente.

No apagar das luzes

De saída da presidência da AGM, o atual presidente da associação, o ex-prefeito de Hidrolândia Paulinho (PSDB) homenageou alguns prefeitos e ex-prefeitos de cidades goianas, a exemplo do prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha (MDB). Entre os agraciados pela AGM também estava o ex-governador Marconi Perillo. O evento ocorreu na manhã desta quarta-feira.

Um pra cá

Gustavo Mendanha não parou suas andanças no interior de Goiás. No final da tarde desta terça-feira esteve em Aragoiânia, onde visitou ex-prefeitos e lideranças políticas da cidade.

Outro pra lá

E Daniel Vilela partiu logo cedo para a cidade de Itapaci. Lá se reuniu com lideranças da cidade e visitou obras da prefeitura da cidade.

Ainda é cedo

A aproximação do governador Ronaldo Caiado com o MDB não será fácil no que depender dos outros aliados do democrata. O ex-senador Wilder Morais, que pleiteia vaga para voltar ao Senado, acredita que ainda é cedo pra avaliar uma chapa do governador com Daniel Vilela em 2022.

Crise

Em meio a uma nova crise hídrica em Goiás e no país, a Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade, projeto de lei de autoria do deputado Rubens Marques (Pros) que cria o Programa de Proteção e Conservação das Nascentes em Goiás.