Coluna da Tainá Borela
Do Mais Goiás

Com presença de Iris, eleição no MDB será híbrida entre virtual e presencial

O atual presidente, Daniel Vilela, é candidato único na eleição

Iris Rezende e Daniel Vilela (Foto: redes sociais)
Iris Rezende e Daniel Vilela (Foto: redes sociais)

A eleição para o diretório do MDB será realizada de forma híbrida, conciliando os modos presencial e eletrônico, com possibilidade de votos através do celular ou de e-mail. Presidente e candidato único à reeleição, Daniel Vilela afirma que a definição pelo modo híbrido atende recomendação do diretório nacional, que leva em consideração a necessidade de opção de distanciamento social, em especial para aqueles que ainda não foram imunizados contra a Covid-19. “Adquirimos ferramenta que vai proporcionar voto através do celular ou do e-mail e o contato será repassado para os votantes até amanhã”, adianta Daniel. Mesmo com as participações presenciais reduzidas, alguns nomes ilustres do partido são esperados na convenção como o do ex-prefeito de Goiânia, Iris Rezende. De acordo com sua assessoria, Iris deve marcar presença. O deputado estadual Paulo Cezar Martins manifestou desejo em disputar a eleição contra Daniel, mas não conseguiu registrar a chapa completa a tempo. Martins defende candidatura própria ao governo estadual no ano que vem. A votação para o diretório está marcada para sexta-feira (18), entre 13 horas e 17 horas.

Chapa de peso

Fazem parte da chapa de Daniel Vilela, o ex-prefeito Iris Rezende, a ex-deputada federal Iris de Araújo, Mauro Miranda e Pedro Chaves, que são chamados de “integrantes natos”. Como a chapa de Daniel é a única registrada todos estão nela.

Recado

Apesar de Iris ser esperado no evento, a ex-deputada federal Iris de Araújo usou sua conta no Twitter para dizer que não considera prudente que ele compareça à convenção devido à pandemia. “Fidelidade e amor ao partido ele já demonstrou de sobra”, escreveu.

Exonerações

O prefeito de Senador Canedo, Fernando Pellozo (PSD), publicou um decreto nesta terça-feira (15) que exonerou todos os servidores comissionados da sua administração. A justificativa oficial é que ele quer reformular “algumas funções do quadro de servidores municipais”.

Chega mais

A convite do governador Ronaldo Caiado, o ex-senador e ex-secretário de Industria e Comércio do governo de Goiás, Wilder Morais (PSC), vai voltar a acompanhar as agendas de governo. Wilder esteve nesta terca-feira ao lado de Caiado em Americano do Brasil e também durante a visita do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em Goiânia. Caiado diz a aliados próximos que tem grandes planos para Wilder em 2022.

Alerta

O deputado Jefferson Rodrigues (Republicanos) postou em suas redes sociais, no final da manhã desta quarta-feira, que foi diagnosticado com Covid-19. No vídeo, ele pede a todos que estiveram com ele no último dia façam também o teste para diagnosticar a presença do vírus.

Quatro Meses

O deputado estadual Júlio Pina (PRTB) se licenciará de seu mandato na Assembleia Legislativa por 121 dias para tratamento de saúde. Assumirá em seu lugar, o primeiro suplente pelo partido, Maycllyn Carreiro, de Morrinhos.

Substituto 

Carreiro será empossado durante a sessão ordinária desta quinta-feira, 17, e exercerá o mandato até o final da licença médica de Pina. Maycllyn Carreiro é advogado e ex-vereador por Morrinhos. Na disputa por uma cadeira na Alego, na eleição de 2018, ele obteve 9.303 votos.