Comportamento

Querido papai,

Papai, eu não quero que você seja infeliz nem que empaque sua vida por mim. Mas eu preciso de você.


mgadmin
Do Mais Goiás | Em: 14/08/2016 às 11:08:01


Talvez você não saiba com inteireza, mas eu apenas te amo. Você rico e me dando muitos daqueles presentes bonitos, ou sendo pobre e podendo me dar apenas abraços. Eu simplesmente te amo e você deveria se importar mais com isso que com se matar no trabalho além das horas para garantir meu sustento. Eu sei que isso é digno e bonito. Mas é também uma fuga de quem, por algum motivo, ainda não aprendeu bem dividir o tempo de acordo com as prioridades.

E tudo bem se você e a mamãe não ficarem mais juntos. Eu queria muito, mas não vou morrer se vocês tiverem que partir da vida um do outro. Mas eu vou morrer por dentro um pouquinho todos os dias se junto com sua história de amor com a mamãe, for embora também sua mão me ajudando a dar os primeiros passos, seus abraços ao sair da escola, e as brincadeiras antes de dormir.

Eu vou morrer um pouquinho todos os dias se a mamãe tiver que brigar pra você ajudá-la a me dar de comer. Se você resumir sua importância na minha vida a uma mísera pensão e a finais de semana alternados entre desculpas e cervejas de um mundo que às vezes você prefere a mim.

E enquanto eu for pequeno, você nem vai perceber o estrago. Vai perceber quando eu começar repetir seus atos com mulheres, ou quando eu procurar você em meus namorados. Vai perceber quando eu mais chorar e rebelar que sorrir e apenas viver na adolescência.

Papai, eu não quero que você seja infeliz nem que empaque sua vida por mim. Mas eu preciso de você.

Pode namorar, pode ter seu futebol, sua diversão, só não se esqueça de mim. Porque eu vou te procurar em cada banco na festa de escola, vou sentir falta do seu amparo quando eu cair, vou tentar ser melhor pra impressionar você, vou me sentir mais seguro de mim se você estiver aqui e isso me fará um humano melhor.

Papai, eu entendo que ter a mim às vezes lhe dá medo, e que no fundo você é só mais uma criança aprendendo a vida como eu. Eu sei que quando eu crescer vou entender que muitas vezes você falhou tentando acertar, e que suas ausências foi por imaturidade e ausência de coragem pra enfrentar a vida como ela se apresenta. Mas, papai, não esquece: eu te amo tanto…

Vá lá, perdoa vovô, que por dentro é tão menino quanto nós dois. Arrumando o lugar dele em você, você terá mais capacidade de fazer crescer “humanidade com maior compaixão” em mim.
Estamos no mesmo barco, papai. E eu te amo muito.

E mais que passar o dia dos pais com você hoje, eu só preciso que você esteja aqui. Porque eu te preciso, te amo e vou te procurar todos os dias em cada tolo abraço se aqui você não ficar.
Porque eu te amo, te amo, te amo, te amo.

No colo de mamãe encontrei segurança, mas é no teu aconchego que mora em mim a confiança de que a vida pode ser boa. E só porque você está aqui.
Em você meu mundo avança, porque, paizinho, eu te amo, te amo, te amo.


Publicidade