Blitz em Anápolis e Rio Verde apreendem mercadorias sem notas

O foco da ação são bebidas, mas fiscaliza também outras mercadorias.





//

A Delegacia Regional de Fiscalização de Rio Verde apreendeu nesta sexta-feira, dia 13, duas carretas transportando um total de 86 toneladas de milho em grãos sem nota fiscal. A abordagem foi feita no Posto da Polícia Rodoviária Federal em São Simão e faz parte da Operação Folia para coibir a sonegação fiscal. O foco da ação são bebidas, mas fiscaliza também outras mercadorias.

Segundo o supervisor de Fiscalização de Trânsito da Delegacia de Rio Verde, Gerson Segundo de Almeida, o milho pertence a um produtor rural do município e seria transportado para Minas Gerais. Ele explica que foi lavrado auto de infração pelo fisco e registrado boletim de ocorrência na Polícia Civil. Gerson alerta que o reforço na fiscalização terá continuidade durante todo o carnaval.

Outra apreensão foi feita pelos fiscais da Delegacia Regional de Fiscalização de Anápolis, que também reforçou as ações de combate à sonegação até o final do Carnaval. Foram apreendidos num caminhão baú, mais de 400 fardos de açúcar e 450 caixas de óleo de cozinha sem notas fiscais. A abordagem ocorreu na quarta-feira à noite, pouco tempo após o carregamento do caminhão numa cerealista da cidade.

O delegado Fiscal de Anápolis, Redner Teixeira, explica que após o flagrante o estabelecimento tentou evitar a autuação apresentando uma nota fiscal com horário posterior ao da ação do fisco. Redner explica que a cerealista já procurou a delegacia para pagar o imposto e a multa.

Operação Folia
A Operação Folia teve início na sexta-feira e está sendo realizada nos municípios abrangidos pelas delegacias regionais de Fiscalização de Goiânia, Anápolis, Rio Verde e Morrinhos, sob a coordenação da Gerência de Arrecadação e Fiscalização da Sefaz. As ações continuam até a próxima semana.