Viral

Mulher de quase 200 kg faz vídeos sensuais enquanto come e viraliza na Internet

A mulher ganha US$ 1 mil, cerca de R$ 4 mil, por mês, ao compartilhar vídeos seus nus "sacudindo a barriga" e consumindo grandes quantidades de alimentos gordurosos


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 24/08/2019 às 07:42:30

Hazel, de 29 anos, é de Nashville, nos Estados Unidos, e sempre sofreu por estar acima do peso. (Foto: Reprodução)
Hazel, de 29 anos, é de Nashville, nos Estados Unidos, e sempre sofreu por estar acima do peso. (Foto: Reprodução)

Hazel, de 29 anos, é de Nashville, nos Estados Unidos, e sempre sofreu por estar acima do peso. A mulher de 177 kg percebeu um modo de usar isso a seu favor e passou a estrelar vídeos sensuais em um site para adultos.

Em entrevista ao tabloide britânico Daily Mail, Hazel contou que já foi eleita a “menina mais gorda da escola” e passou por episódios de depressão e ansiedade por causa do bullying que sofria. Depois de conversar com uma ex-colega de trabalho, descobriu que seus quilos a mais poderiam ser usados para elevar sua autoestima e também para uma renda extra por meio de vídeos sensuais .

A mulher ganha US$ 1 mil, cerca de R$ 4 mil, por mês, ao compartilhar vídeos seus nus “sacudindo a barriga” e consumindo grandes quantidades de alimentos gordurosos. “Eu me sinto muito empoderada”, diz ela. “Saber que, depois de sentir que o mundo inteiro não me quer, há pessoas que me querem e me cobiçam, é ótimo. Eu já ouvi casos de pessoas que deixariam suas esposas por mim”, acrescenta.

O que as pessoas sentem pela norte-americana é um fetiche conhecido como feedee e consiste em pessoas que consideram sexy a alimentação e o ganho de peso. Hazel afirma que seus fãs adoram vê-la comer pizzas e cheesecakes.

“Recebo muitos pedidos para a barriga , muita pegação, tapa e puxão. Isso é o que eu faço: mostro meu corpo e minhas curvas”, explica a mulher. “Algumas pessoas até doam dinheiro para eu comprar comida e comer na frente da câmera”, complementa. (Com o IG)