ELEIÇÃO 2020

Biden participa de 1° ato de campanha presidencial dos EUA na rua em semanas

Provável candidato democrata à Casa Branca foi a um memorial de veteranos da Segunda Guerra; Trump cogita mudar local de convenção republicana


Agência O Globo
Agência O Globo
Do Agência O Globo | Em: 25/05/2020 às 18:20:23

Joe Biden e sua esposa, Jill, em campanha do provável candidato à presidência dos EUA Foto: OLIVIER DOULIERY / AFP
Joe Biden e sua esposa, Jill, em campanha do provável candidato à presidência dos EUA Foto: OLIVIER DOULIERY / AFP

O ex-vice-presidente norte-americano Joe Biden fez nesta segunda-feira seu primeiro evento de campanha fora de sua casa em Delaware desde que se colocou em quarentena devido à pandemia do novo coronavírus, dez semanas atrás, ao visitar um memorial de veteranos em alusão ao feriado do Memorial Day.

Biden, o provável indicado presidencial democrata, e sua esposa, Jill, depositaram uma coroa de flores em um memorial para veteranos da Segunda Guerra Mundial e da Guerra da Coreia, ambos usando máscaras pretas.

— Dá uma sensação boa sair de casa — disse Biden a repórteres, com a voz ligeiramente abafada pela máscara.

Mantendo a distância, ele saudou cerca de uma dúzia de veteranos e outros observadores situados a alguns metros e os agradeceu pelos serviços prestados.

Biden tem realizado eventos de campanha virtuais em sua residência em Wilmington desde que o país foi forçado a um confinamento domiciliar quase que total.

Embora as atividades do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também tenham sido restringidas, ele saiu das dependências da Casa Branca gradualmente nas últimas semanas para visitar os estados eleitoralmente indefinidos do Arizona, Michigan e Pensilvânia.

Neste final de semana, Trump jogou golfe pela primeira vez desde que declarou emergência nacional, em março, provocando críticas de Biden e de outros políticos no momento em que o número de mortos nos Estados Unidos se aproxima de 100 mil.

“A presidência é muito mais do que tuitar de seu carrinho de golfe”, tuitou o próprio Biden no domingo.

Trump cogita mudar convenção republicana

Em meio aos esforços para aliviar as regras de distanciamento social no país, Donald Trump avisou nesta segunda-feira que pode transferir a Convenção Nacional dos republicanos, marcada para agosto, na Carolina do Norte, se as restrições estabelecidas pelo governo estadual continuarem valendo até a data prevista para o evento.

Trump alertou no Twitter que se o governador democrata Roy Cooper não der uma resposta imediata sobre se o espaço reservado para a convenção poderá estar ocupado, “o partido republicano terá de achar outro lugar para a Convenção Nacional, levando com ela todos os empregos e o desenvolvimento econômico que ela traz”.

Tanto o presidente americano quanto Joe Biden vem enfrentando dificuldades para acelerar a corrida eleitoral por causa das restrições causadas pela pandemia no que diz respeito a aglomerações de pessoas.