DeBike

Bicicletas públicas compartilhadas entram em funcionamento na próxima semana

Inauguração será realizada no dia 20 de dezembro, em solenidade na estação localizada na Praça do Bandeirante, no Centro




A estação de bicicletas públicas compartilhadas Bandeirante foi o local escolhido para sediar a cerimônia de inauguração do Projeto DeBike, prevista para ocorrer no dia 20 de dezembro, às 9 horas, com a presença do prefeito Paulo Garcia. Definições sobre o evento, que coloca em funcionamento mais uma iniciativa de melhoria da mobilidade urbana na Capital, foram firmadas durante reunião que aconteceu na tarde desta terça-feira (13), na Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC).

A implantação das estações já estão em fase final de execução e toda documentação que cabia à prefeitura providenciar estão rigorosamente em dia, informou o diretor técnico da CMTC, Sávio Afonso. Já foram emitidos pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) todos os alvarás que autorizam o uso de áreas públicas para prestação dos serviços de bicicletas públicas compartilhadas e autorizações da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT) para instalação das estações e também aprovação da Engenharia de Tráfego e Mobilidade da SMT. “Três estações (Paranaíba, Bandeirante e Praça Cívica) ainda passaram pelo crivo e aprovação do Iphan por estarem localizadas em áreas tombadas como Patrimônio Histórico Nacional”, explicou.

A iniciativa da Prefeitura de Goiânia de oferecer bicicletas públicas compartilhadas à população goianiense foi apresentada no início do mês de novembro pelo prefeito Paulo Garcia. Na ocasião, o gestor destacou que o Projeto DeBike representa um passo no avanço da mobilidade urbana, na promoção da saúde e da qualidade de vida da população. “Esse é mais um grande compromisso da nossa gestão que ficará para a história. Aqueles que, porventura, tiverem a oportunidade de pedalar pela cidade, conhecerão o espaço urbano por um outro ângulo. O cicloativismo é uma tendência moderna e irreversível. O tempo dirá que estou certo”, afirmou.

DeBike

Segundo dados repassados pelo diretor Sávio Afonso, estão sendo implantadas 15 estações, cada uma com dez bicicletas, além de duas vagas extras – em cada estação – para receber as que cheguem de outros pontos. Os cidadãos poderão alugar as bicicletas após cadastro e aquisição de um cartão magnético, por períodos pré-determinados. O serviço terá quatro taxas de uso, R$ 4 para um dia, R$ 8 mensal, R$ 35 semestral e R$ 70 anual. O cadastro e o pagamento serão feitos de forma digital, via internet.

“Os interessados deverão baixar o aplicativo específico para uso das bikes pelo Smartphone, realizar o cadastro com dados pessoais e do cartão de crédito, selecionar os números da estação e bicicleta que irá retirar. Veículo é automaticamente liberado e pronto para ser utilizado pelo período de 60 minutos em dias úteis e 90 minutos aos domingos e feriados”, esclareceu Sávio. O modal deve ser devolvido no limite do horário estipulado, dependendo do dia da semana (1h ou 1h30) e, para próximo aluguel, é necessário esperar um intervalo de 15 minutos. Decorrido prazo sem a entrega, é debitado no cartão do usuário o valor de R$ 5 e um novo período de uso começa a transcorrer.

O valor de R$ 5 debitado, de acordo com o diretor, é como se fosse uma penalidade e independe se o plano é semestral, mensal ou anual. “Vamos simular uma situação. Há uma pessoa na Estação Bandeirante aguardando uma bicicleta e chega um usuário com o modal para fazer a entrega. Quando a bike é acoplada, ela já fica disponível e priorizando quem estava aguardando e aquele que fez a devolução deverá esperar 15 minutos para realizar nova retirada. E é dessa forma que iremos promover o compartilhamento dessas bicicletas”, afirmou Sávio, completando ainda que haverá uma equipe logística que ficará responsável por fazer a reposição e equilíbrio dos quantitativos nas estações para que nenhuma fique desprovida de bikes.

O diretor ainda explica que em quaisquer dos planos que o usuário optar, ele pagará o valor cobrado e poderá usar a bicicleta, entre 6h e 22h, pelo dia, semestre, mês ou ano. “Em uma segunda-feira, por exemplo, a pessoa que fez opção pela taxa de um dia apenas pode pegar a bike às 6h, utilizá-la por uma hora, devolver, aguardar 15 minutos e novamente retirá-la na estação. Podendo fazer isso até às 22h, várias e várias vezes. Aos domingos e feriados, o período de uso é mais amplo: 1h30”, destacou Sávio.

Parceria

Para concretizar o Projeto DeBike, a Prefeitura de Goiânia foi responsável pela elaboração e execução do processo licitatório, bem como cessão dos espaços públicos para localização das estações, as quais foram definidas por comissão técnica formada por profissionais da CMTC, SMT, Seplanh e Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma). Já a Serttel, empresa vencedora do edital de chamamento público, desempenha todo o processo operacional. Fica ao encargo dela o fornecimento das bicicletas, estações, site de relacionamento do DeBike e aplicativo. A Unimed é o patrocinador master do projeto. É quem está viabilizando financeiramente a iniciativa.

Número e localização das estações:
1. Paranaíba: Canteiro central da Avenida Goiás, próximo ao Mercado Aberto da Paranaíba, esquina com a Avenida Paranaíba
2. Bandeirante: Canteiro central da Avenida Goiás, em frente ao Monumento Bandeirante, esquina com a Avenida Anhanguera
3. Praça Universitária: Estacionamento no anel interno da Praça Universitária, próximo ao Museu da Pontifícia Universidade Católica de Goiás – esquina com a Avenida Universitária
4. Praça Cívica: Em frente ao Museu de Arte de Goiânia, esquina com a Avenida Universitária
5. Buritis: Alameda Buritis, em frente ao Bosque dos Buritis, esquina com a Rua Gercina Borges
6. Praça Tamandaré: Rua 07, oposto ao Banco Bradesco, esquina com a Avenida Assis Chateaubriand
7. Lago das Rosas: Avenida Assis Chateaubriand, no canteiro central, oposto ao Posto Ipiranga, esquina com a Rua T-07
8. Unimed: Rua T-07, na Praça Gilson Alves de Souza, esquina com a Rua T-01
9. Praça do Sol: Rua R-09, na Praça do Sol, oposto ao Cartório Índio Artiaga, esquina com a Rua João de Abreu
10. Bougainville: Rua 09, em frente ao Shopping Bougainville, esquina com a Rua 36
11. Marista: Rua 15, oposto ao Centro de Diagnóstico em Radiologia, esquina com a Rua T-55
12. Areião: Avenida Americano do Brasil, em frente ao Parque Areião, esquina com a Rua 135
13. Ricardo Paranhos: Canteiro central da Alameda Ricardo Paranhos, oposto ao Restaurante Paim Grill, esquina com a Rua 1128
14. Vaca Brava: Parque Vaca Brava, na Avenida T-03, oposto à Galeria Pátio do Lago, esquina com a Avenida T-10
15. T-63: Rotatória da S-01, embaixo do Viaduto João Alves de Queiroz, próximo ao Posto Ale, esquina com a T-63