OBA!

Beyoncé lançará mais dois projetos secretos com Netflix, diz site

Com a plataforma de streaming, cantora lançou nesta semana 'Homecoming', um documentário que mostra o show - e seus os bastidores - que fez no Coachella em 2018


Murillo Soares
Do Mais Goiás | Em: 20/04/2019 às 16:04:26

(Foto: Divulgação/Netflix)
(Foto: Divulgação/Netflix)

Segundo informações da Variety, Homecoming não será o único longa da cantora Beyoncé com a Netflix. A publicação afirma que a artista lançará mais dois projetos secretos – guardados a sete chaves – com a plataforma de streaming.

“A gigante do streaming está apostando muito na música”, lê-se no site. Conforme apurado pela Variety, os três projetos custaram à Netflix a bagatela de US$ 60 milhões. A HBO também estaria de olho em um acordo com Beyoncé, mas o streaming fez a melhor proposta.

Na web, fãs especulam que os dois próximos longas serão registros da Formation World Tourturnê de divulgação do disco Lemonade – cujo DVD é bastante aguardado pela fanbase de Beyoncé; e shows da On The Run Tour II, uma turnê conjunta com o rapper Jay-Z, marido da artista.

O poder de Beyoncé

Na madrugada da última quinta-feira (19), Beyoncé lançou o longa-metragem Homecoming na Netflix. O filme é um registro do show – e seus bastidores – que a cantora fez no festival Coachella em 2018. De brinde, lançou também um disco de 40 faixas com o áudio da apresentação em todas as plataformas digitais.

Estima-se que o álbum Homecoming tenha vendido 40 mil cópias em apenas três dias de lançamento – isso sem contar os números de execuções nas plataformas de streamings. Além disso, o disco deverá estrear no Top 10 da Billboard Hot 200, mais importante ranking musical dos Estados Unidos.

Tá bom para você? Espera aí que tem mais. A cantora anunciou ainda que finalmente disponibilizará o disco Lemonade em todas as plataformas digitais, o que deverá fazer com que ele também ganhe um certo buzz.

Capa do disco ‘Lemonade’, de Beyoncé (Foto: Divulgação)

Só para contextualizar o leitor: Lemonade foi lançado em abril de 2016 apenas na plataforma Tidal, cujo dono é Jay-Z. De lá para cá, Beyoncé foi relutante em disponibilizar o álbum em outros softwares… até agora.