Do Mais Goiás

Beyoncé é a mulher mais bem paga da música em 2017

Segundo a revista Forbes, Bey alcançou a marca de US$ 105 milhões com as vendas do disco 'Lemonade' e sua turnê mundial

De acordo com o levantamento anual da revista Forbes, Beyoncé foi a mulher mais bem paga da música em 2017. A cantora desbancou outros nomes igualmente populares como Adele e Taylor Swift – que esteve no topo da lista no ano passado.

Segundo a publicação, Beyoncé alcançou a marca de US$ 107 milhões este ano. A receita veio do disco Lemonade e sua turnê mundial, Formation. Além disso, Queen B tem sua própria linha de roupas, a Ivy Park, e diversos outros investimentos.

A Forbes estimou os ganhos das celebridades estimando suas receitas antes de impostos de junho de 2016 a 2017. Para isso, a publicação entrevista gerentes, agentes, advogados e outros artistas. Há também dados da Pollstar, da Recording Industry Association Of America e da Nielsen SoundScan.

Quem vem embaixo?

Adele vem logo atrás de Beyoncé. O último disco da britânica, 25, levou o Grammy de Álbum do Ano e quebrou recorde de vendas em sua primeira semana de lançamento nos Estados Unidos. Somando isso à sua turnê mundial – a maior desde 2011 – ela somou US$ 69 milhões.

Em seguida, temos Taylor Swift, com a quantia de US$ 44 milhões. Decréscimo considerável já que, no ano passado, seus ganhos estimados foram de US$ 170 milhões. Os rendimentos da popstar vieram de sua turnê mundial do disco 1989 e vendas do disco.

A Forbes estima que Swift ganhe mais no ano que vem, com as vendas do disco Reputation e sua nova turnê, Reputation Stadium Tour.