Do Mais Goiás

Bebê de Luziânia é salvo de engasgamento via videoconferência com bombeiros

De acordo com informações da corporação, o bebê se engasgou no momento da amamentação e foi atendido com sucesso à distância

Na noite desta quarta-feira (23), o Corpo de Bombeiros ajudou a salvar a vida de um bebê de 21 dias por videoconferência, em Luziânia. De acordo com a mãe, a criança se engasgou com saliva e não conseguia respirar. Durante a chamada, o bombeiro Léo Francisco Saraiva acalmou a família e deu orientações para os primeiros socorros.

Segundo a corporação, o atendimento realizado por videochamada é uma forma de agilizar o socorro para casos urgentes. “Avaliamos que não havia tempo hábil para encaminhar a viatura para o local, o atendimento precisava ser feito por telefone e vídeo mesmo”, explicou o Léo Francisco.

Em paralelo ao atendimento por telefone, uma equipe de resgate foi enviada para avaliação presencial, em que foi confirmado que o bebe estava estável, respirando normalmente. “Só agradecer de verdade por todo atendimento e dizer o quão é importante manter a calma nessas horas para fazer com que a nossa filha voltasse”, disse o pai da criança, cujo nome não foi revelado.

Veja um trecho do atendimento:

Outros casos

Outros dois casos de crianças engasgadas foram registrados pela Polícia Militar de Goiás. Segundo a PM, os dois acidentes domésticos aconteceram, recentemente, nos dias 19 e 21 de setembro, em Rio Verde. Em todos os casos, o atendimento foi realizado por telefone.

PMs orientam os familiares a manterem a calma e ensinam como desobstruir as vias aéreas. Assim que a criança começa a expelir as secreções, uma viatura é enviada até a casa da família para encaminha-los a um pronto socorro próximo, para que seja feito um atendimento mais aprofundado.