BBB: Os vilões que marcaram a história do reality

Dourado, Paula von Sperling, Rogério Padovan... relembre os participantes que infernizaram a vida dos brothers no programa

Big Brother Brasil BBB: Relembre os vilões que marcaram os vinte anos do reality
(Foto: Reprodução)

A 21ª edição do Big Brother Brasil está aí e os fãs do programa estão ansiosos para acompanhar o confinamento dos novos brothers. Em todas as temporadas um ‘personagem’ específico sempre chamou a atenção do público: o vilão. Seja aquele participante que infernizou a vida de um casal ou o que fez maldades para conseguir ir mais longe no BBB, os vilões deram o que falar no reality. Relembre:

Felipe Prior (BBB 20)

Desse todo mundo ainda lembra. Prior esteve a frente de um grupinho formado pelos também vilões Guilherme, Hadson, Lucas e Petrix, que juntos, planejaram um “teste de fidelidade” para prejudicar as sisters com relacionamentos fora da casa. O grupo era odiado por grande parte dos fãs do programa, mas Prior, desculpem o trocadilho, foi o pior.

O brother teve várias polêmicas dentro e fora do Big Brother Brasil, incluindo acusações de estupro e assédio. No reality, teve diversas atitudes consideradas machistas. Mas não deu outra, mesmo se achando o maioral, acabou eliminado em um paredão com a arquirrival Manu Gavassi e saiu escorraçado em meio a comemorações por todo Brasil.

Eduardo Bolsonaro deseja boa sorte a Prior em paredão “contra militante de esquerda”

Paula (BBB 19)

A vilã da edição 2019 foi a vencedora: Paula von Sperling. A loira começou como a típica interiorana que tinha saudades da porca de estimação. Mas não demorou muito para a bacharel em direito emendar uma frase considerada racista na outra.

Paula chegou a ser indiciada por comentários preconceituosos contra o participante Rodrigo, de quem a moça disse ter medo por ele ter “contato com esse negócio de Oxum”. Certa vez ela comentou sobre seu espanto ao descobrir que o homem que havia esfaqueado sua amiga não era um “favelado”, e sim um “branquinho” que morou no exterior.

Hariany, sua melhor amiga no programa, foi expulsa após uma discussão com a loira. Até hoje fica a dúvida sobre como Paula ganhou o programa.

Comentários no Big Brother 19 levam a inquérito policial, e especialistas apontam que ocorreu racismo

Patrícia e Diego (BBB 18)

Essa duplinha de vilões rendeu na edição de 2018. Patrícia e Diego manipulavam os votos de outros competidores e conseguiram até que Kaysar votasse em Gleici, a vencedora daquele ano que protagonizou um falso paredão emocionante que lembramos bem até hoje.

Mas, como “o Brasil estava vendo”, a cantora Patrícia foi eliminada com 94% dos votos. Diego foi reconhecido por ter desenvolvido várias estratégias no jogo que permitiram que ele escapasse de alguns paredões, mas foi o oitavo eliminado, com 81,07% dos votos.

Patrícia infernizou tanto a vida de Gleici, que durante sua saída protagonizou uma briga-meme que até hoje ninguém entendeu muito bem o que ela quis dizer.

Ana Paula Costa (BBB 18)

Não foi memorável mas vale ao menos ser citada. Ana Paula “bruxinha” foi mal recebida pelo público desde o começo. Com sua voz estridente e comportamento infantil, saiu logo no terceiro paredão da temporada, com rejeição de 89,85%.

Relembre os participantes e os momentos mais engraçados do Big Brother

Marcos Harter (BBB 17)

Essa edição mais parece um surto coletivo, sendo considerada por muitos como a pior da história. Quando o casal Emilly e Marcos Harter aparecia na tela, a vontade era de desligar a TV.

Mas a Justiça foi feita e Marcos foi expulso do reality após supostas agressões à amada. Ele foi acusado de agressões físicas e psicológicas e chegou a ser indiciado pela Polícia Civil.

Durante uma briga, um dos vilões mais odiados da atração colocou Emilly contra a parede e apontou o dedo no rosto da jovem enquanto gritava. Em outras situações, beliscou e apertou os pulsos dela.

Expulso e investigado pela polícia, para a surpresa de ninguém foi parar em ‘A Fazenda’, ficando em segundo lugar no reality da emissora do bispo Edir Macedo.

Ana Paula Renault (BBB 16)

Era vilã, mas era amada e conseguiu fãs por todo o Brasil com seu jeito peculiar. A mineira dona do bordão “olha elaaaaa“, batia no peito e gritava para seus adversários que sempre voltaria do paredão. Realmente, voltou de quatro berlindas, mas foi expulsa após dar dois tapas no rosto de Renan.

Um dia, durante uma briga com o modelo, virou meme ao disparar: “Vai cortar teu cabelo. Você é feio, seu dente é falso e seu cabelo é horroroso”. Ana Paula foi outra participante expulsa do Big Brother Brasil que foi parar em A Fazenda, também integrando o time de vilões do reality.

Aline (BBB 13)

Muitos podem nem lembrar dessa, porque foi a primeira eliminada de 2013. Aline chegava chegando em todos os lugares, sempre com seu jeito impositivo e elétrico, falando mais do que ouvia. Logo na primeira prova daquele ano, se envolveu em uma briga com Kléber Bambam, que tinha retornado ao programa.

Os vídeos da participação de Aline fazem sucesso entre os internautas até hoje, com muitos pedindo para Boninho dar mais uma chance para a sister.

Dourado (BBB 10 e 4)

Um dos vilões mais emblemáticos de todas as edições, Marcelo Dourado participou do Big Brother 4 e do 10. Com seu jeito ríspido, o bad boy foi odiado por muitos e adorado por tantos outros, que garantiram sua vitória na décima edição.

Na maior polêmica envolvendo suas declarações, o professor de artes marciais disse: “hetero não pega AIDS, isso eu digo porque eu conversei com médicos e eles disseram isso. Um homem transmite para outro homem, mas uma mulher não passa para o homem”.

Por causa da declaração, a Justiça determinou que o programa esclarecesse como se contrai o HIV.

Marcelo Arantes (BBB 8)

O público nem acreditava que ele era psiquiatra mesmo. Marcelo discutiu com todos os participantes da casa, até com a melhor amiga, Gyselle. Se espelhando em Jean Willys, o brother se assumiu homossexual no reality, mas nem isso o ajudou a conseguir fãs.

Culto e barraqueiro, ganhou o apelido de “psicopata”. Após virar inimigo de Rafinha, não deu outra: foi eliminado com 71% dos votos ao enfrentar o rival, que se tornou o vencedor da oitava edição do programa.

Alberto Caubói (BBB 7)

Rival de Diego Alemão, foi um dos vilões mais eficientes do Big Brother Brasil, pois demorou muito para ser eliminado. Após armar a eliminação de Íris Stefanelli, armou para que Diego fosse ao paredão contra as únicas duas pessoas com quem o loiro se dava bem, Fani e Flávia.

Caubói e Alemão travaram uma luta em uma das provas de liderança mais lembradas até hoje: ficaram mais de 21 horas em uma gaiola em pé sem alimentação. Alberto venceu e escapou do paredão pela última vez antes de deixar o reality.

Rogério Padovan (BBB 5)

Conhecido como Dr. Gê, o médico formou um grupinho e traçou diversas artimanhas para tentar mandar seus rivais para fora da casa e vencer o programa. Contudo, seus alvos eram os preferidos do público: Jean Wyllys, Tatiane Pink e Grazi Massafera.

Estrategista, Rogério chegou a ser apontado como homofóbico, após por seus embates com Jean, que havia assumido sua homossexualidade. Dr. Gê foi eliminado com 92% dos votos, primeiro grande caso de rejeição do reality.

Aline (BBB 5)

A carioca substituiu Marielza de Souza, que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) dentro da casa. Escolhida por meio de um sorteio, Aline foi apelidada de “X-9” porque se fingia amiga de todos, mas pelas costas sempre armava para prejudicar os brothers, inventando mentiras e causando brigas.

Resultado: foi enxotada do Big Brother Brasil com 95% de rejeição em um paredão contra ninguém menos que Grazi Massafera.

Tina (BBB 2)

Ai, ai, ai, ai, em cima, embaixo, puxa e vai! Vanessa Cristina Soares, mais conhecida como Tina, é um sister inesquecível. Ela protagonizou uma das cenas clássicas do programa ao sair pela casa batendo panelas e gritando com a intenção de não deixar ninguém dormir.

Em outro momento imperdível, bagunça um quarto inteiro. Mas a vingança veio logo a seguir: o brother Fernando joga todas as malas de Tina dentro da piscina e a treta toma proporções enormes.

BBB: Relembre os participantes e os momentos mais engraçados do reality