INIMIGA DO FIM

BBB 20: Marido de Thelma revela o que ela fará com o prêmio

"Amor, estamos ricos! Eu passava 24h ligado no Globoplay, mal posso esperar para te ver!", disse o marido da vencedora do BBB 20


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 28/04/2020 às 10:30:22

"Amor, estamos ricos! Eu passava 24h ligado no Globoplay, mal posso esperar para te ver!", disse o marido da vencedora do BBB 20

Em entrevista ao jornal Extra, Denis Santos, marido de Thelma Assis que venceu o BBB 20 na noite da última segunda-feira (27), revelou o que ela fará com o prêmio de R$ 1,5 milhão.

“Pretendemos comprar uma casa própria porque a gente ainda mora de aluguel. Com certeza a Thelma vai diminuir a jornada de trabalho como médica, mas só até passar essa onda que é ser uma ex-BBB. Depois, aos poucos, ela volta para a rotina normal de trabalho. Ela não largaria a medicina porque ama o que faz”, opinou o fotografo.

Denis revelou que ele e Thelma moram de aluguel. Para ele, a vitória da esposa no BBB é muito simbólica na questão racial.

“A Thelma é um espelho para as jovens pretas da periferia. Elas enxergam a Thelma como espelho por ser médica. Ela batalhou, veio de baixo. No BBB falaram que ela era planta e ia sair no primeiro paredão, mas passou por quatro, chegou na final. Ela é uma referência”, disse Denis.

Ao sair da casa, a sister pôde conversar com o marido através de uma vídeo-chamada na rede BBB. “Amor, estamos ricos! Eu mal posso esperar para te ver! Eu passava 24h ligado no Globoplay pra te assistir e ver tudo com você”, elogiou o marido da vencedora do BBB 20.

BBB 20: Thelma é a vencedora com 44,10% dos votos

Thelma Assis trabalha como médica anestesiologia em quatro hospitais de São Paulo. Além disso, é bailarina formada e passista na escola de samba Mocidade Alegre.

Rejeitada pela mãe biológica, aos três dias de vida ela foi adotada pela funcionária pública Yara Assis e pelo gráfico Carlos Alberto de Assis.

Após o ensino médio, fez três anos de cursinho pré-vestibular, com bolsa de 50%, até conseguir uma vaga na faculdade de medicina. Com dificuldades financeiras, durante anos Thelma morou em uma pensão.

“Consegui uma bolsa de 100% no curso, mas não conseguia comprar livros nem materiais para as aulas práticas. Vivia na biblioteca para não ficar sem aprender o conteúdo”, declarou durante o confinamento.

Tópicos