Do Mais Goiás

Barrichello conquista 2ª vitória na Stock e briga por título

Após triunfo na Corrida do Milhão, ex-piloto de Fórmula 1 desbanca Julio Campos e vence prova longa deste domingo.

Rubens Barrichello e Marcos Gomes foram os grandes vencedores do fim de semana da Stock Car em Cascavel. Neste domingo, o ex-piloto de Fórmula 1 ganhou a bateria mais longa no circuito do interior paranaense, enquanto Marcos Gomes se deu melhor na segunda prova do dia no Autódromo Internacional de Cascavel.

A vitória de Barrichello foi a segunda consecutiva dele na Stock Car, pois em 3 de agosto ele havia acabado com o seu jejum na principal categoria do automobilismo brasileiro ao ganhar a Corrida do Milhão, realizada em Goiânia. E agora ele confirmou o seu bom momento ao triunfar neste domingo na bateria de 40 minutos em Cascavel.

Sexto colocado no grid de largada da primeira prova deste domingo, Barrichello teve um começo discreto de prova até a janela de pit stops. O ótimo trabalho da sua equipe nos boxes, porém, o colocou em segundo lugar, atrás somente do pole position Julio Campos, que passou a ser perseguido.

Barrichello pressionou o adversário e assumiu a liderança da prova ao se aproveitar de uma saída de pista de Julio Campos a dez minutos do fim da disputa. Assim, garantiu a sua vitória, à frente de Julio Campos. Átila Abreu, após disputa intensa com Cacá Bueno, foi o terceiro colocado, enquanto Gabriel Casagrande ficou em quinto lugar, depois de ultrapassar Vitor Genz.

Sergio Jimenez ficou em sétimo lugar, Valdeno Brito foi o oitavo Marcos Gomes terminou em nono e Max Wilson garantiu a décima posição, o que lhe assegurou a pole position da segunda bateria, que tem duração de 20 minutos.

Logo no começo da prova, porém, Max Wilson perdeu a liderança para Marcos Gomes, que não teve muitos problemas para garantir a sua vitória, ainda mais que a corrida teve a sua competitividade afetada pela entrada do safety car. Assim, voltou a ganhar em Cascavel, onde venceu duas provas da Stock Car no ano passado.

Vitor Genz esteve muito próximo de terminar a prova na segunda colocação, mas um furo de pneu nos minutos finais o forçou a abandonar a corrida. Quem aproveitou foi Valdeno Brito, que garantiu o segundo lugar após uma disputa intensa com Max Wilson que completou o pódio.

Sérgio Jimenez foi o quarto colocado, Átila Abreu terminou em quinto lugar e Popó Buneo foi o sexto. Ricardo Zonta, Antonio Pizzonia, Felipe Lapenna e Tiago Camilo completaram, em ordem, as dez primeiras colocações da segunda bateria. Já Barrichello ficou apenas na 19ª posição.

A próxima etapa da temporada 2014 da Stock Car será disputada no dia 31 de agosto, em Curitiba, novamente com a realização de uma rodada dupla.

Confira a classificação da corrida 1 (40 minutos + 1 volta):

Confira os resultados da corrida 1 de Cascavel:

1. Rubens Barrichello (Full Time Competições): 34 voltas em 41:14.398 –
2. Julio Campos (Mico’s Racing): a 2.150
3. Átila Abreu (AMG Motorsport): a 2.634
4. Cacá Bueno (RBR Mattheis): a 4.308
5. Gabriel Casagrande (C2 Team): a 7.956
6. Vitor Genz (Boettger Competições): a 8.041
7. Sergio Jimenez (VS Racing): a 11.268
8. Valdeno Brito (A. Mattheis): a 11.842
9. Marcos Gomes (Carlos Alves): a 12.205
10. Max Wilson (RC): a 13.101
11. Antonio Pizzonia (Mico’s Racing): a 13.460
12. Allam Khodair (Full Time Competições): a 16.185
13. Popó Bueno (A. Mattheis): a 16.860
14. Ricardo Zonta (RZ Motorsport): a 18.884
15. Rafael Suzuki (ProGP): a 19.180
16. Thiago Camilo (RCM): a 23.749
17. Felipe Lapenna (Hot Car Competições): a 24.238
18. Fabio Fogaça (Carlos Alves): a 28.971
19. Denis Navarro (VS Racing): a 29.938
20. Tuka Rocha (RZ Motorsport): a 31.221
21. Alceu Feldmann (Cavaleiro): a 32.397
22. Luciano Burti (Vogel Motorsport): a 42.104
23. Mauri Zaccarelli (Bassani): a 1 volta
24. Felipe Tozzo (Boettger Competições): a 1 volta
25. Beto Cavaleiro (Cavaleiro): a 4 voltas
26. Felipe Fraga (Vogel Motorsport): a 5 voltas
27. Raphael Matos (Hot Car Competições): a 10 voltas
28. Daniel Serra (RBR Mattheis): a 22 voltas
29. Diego Nunes (C2 Team): a 26 voltas
30. Ricardo Mauricio (RC): a 29 voltas
31. Nonô Figueiredo (AMG Motorsport): a 30 voltas
32. Lucas Foresti (Bassani): a 34 voltas
33. Bia Figueiredo (ProGP): a 34 voltas
34. Galid Osman (RCM): a 19 voltas*

*Punido com bandeira preta por atitude antidesportiva