Balestreri aceita convite e comandará Assuntos Estratégicos do governo

Ele irá coordenar as ações intersetoriais da gestão estadual com o objetivo de estabelecer políticas transformadoras de médio e longo prazos. Uma das metas é a prevenção primária, secundária e terciária da violência

O secretário de Segurança Pública (SSP), Ricardo Balestreri, foi convidado pelo vice-governador José e aceitou ocupar o cargo de secretário-chefe do Gabinete de Assuntos Estratégicos do Governo de Goiás. Ele irá coordenar as ações intersetoriais da gestão estadual com o objetivo de estabelecer políticas transformadoras de médio e longo prazos. Uma das metas é a prevenção primária, secundária e terciária da violência, tendo em vista dar um upgrade nas ações de Estado, que fiquem como legado para as novas gerações. Essas atividades passam a ter um caráter integrado e sistêmico e serão desenvolvidas de forma planejada e articulada para uma maior eficácia.

Como secretário-chefe de Assuntos Estratégicos, ligado diretamente ao gabinete do futuro governador José Eliton, Balestreri terá autoridade sobre o conjunto das secretarias para coordenar ações sistêmicas voltadas para o desenvolvimento social. Para isso, a pasta está sendo reestruturada e terá a amplitude necessária para que Balestreri e equipe possam fazer a interlocução entre os órgãos de governo e da sociedade.

A expertise de Balestreri, que no Ministério da Justiça articulou e executou o bem-sucedido Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci), contou pontos para que o governo confiasse a ele a nova missão.

Lançado em 2007 pelo Ministério da Justiça, o Pronasci teve por objetivo a prevenção, o controle e a repressão da criminalidade, atuando em suas raízes socioculturais, além de articular ações de segurança pública com políticas sociais, por meio da integração entre a União, os estados e os municípios. O programa foi responsável por derrubar os indicadores de violência em praticamente todo o país. Toda a articulação política para aprovação do Pronasci no Congresso Nacional foi comandada por Ricardo Balestreri que conseguiu a unanimidade dos parlamentares de forma pluripartidária.

Além disso, Balestreri, com o trabalho no campo da prevenção primária, secundária e terciária da violência, irá subsidiar o governo no planejamento estratégico de desenvolvimento do estado. Entre outras ações a serem coordenadas está a proposta de monitoramento integral de 90 mil nascimentos por ano no estado, da gestação até o fim da primeira infância, aos 7 anos de idade.

Novas atribuições

Após dez meses na Segurança Pública, Balestreri acumulou excelentes resultados no que diz respeito aos indicadores da criminalidade no Estado, tendo alcançado reduções cada vez mais significativas nas principais modalidades de crime monitoradas pela pasta. Agora, a sua missão se amplia. O governo, que já faz um trabalho de destaque na repressão qualificada, quer, também, ser referência na prevenção à violência, promoção da justiça social e criação de uma cultura da paz.

Ao chegar a Goiás, convidado pelo governador Marconi Perillo para chefiar a pasta da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Balestreri apresentou ao vice-governador a sua visão do combate à criminalidade a partir das várias fontes e causas da violência, mostrando os resultados obtidos com o Pronasci. Entusiasta pela área da justiça social, Eliton vê na inclusão dos mais humildes e na interlocução do governo com os setores sociais caminhos importantes para a redução das causas da violência.