Do Mais Goiás

Bailarina goiana na final de festival de balé na suíça

Carolyne Galvão é a única representante do Brasil na categoria feminina do Prix e disputa a final neste sábado


//

Carolyne Galvão, aluna de dança do Instituto Tecnológico de Goiás (Itego) em Artes Basileu Fraça, está na final do Prix de Lausanne, Suíça. A bailarina goiana, de 15 anos, é a única representante do Brasil na categoria feminina do Prix e disputa a final neste sábado (6/2).

“Não esperava. Estou muito feliz. Vim para dançar e ganhar experiência. Os professores são espetaculares, aprendi muitas coisas novas”, disse Carolyne de Freitas Galvão à Agência Lusa.

A professora de dança Simone Maltas, que acompanha Carolyne desde dos 11 anos, está emocionada com o resultado. “É uma emoção grande. A Carolyne ensaiou muito, até oito horas por dia”, disse ela.

Para Simone Maltas, este concurso é muito difícil e prefere não vir com grandes ilusões. “Digo sempre aos meus alunos para nunca esperar muito, mas participarem para aprender, e dançar bem nas aulas, mostrar as suas qualidades”, disse.

O Prix de Lausanne é o maior festival do mundo para jovens estudantes de dança. É também uma excelente oportunidade para a conquista bolsas de estudo com possibilidade de contratos nas companhias mais famosas.  

Além de Carolyne Galvão, outros cinco alunos do Itego em Artes Basileu França já participaram do festival, sendo que Adhonay Soares foi o grande vencedor em 2013, ganhando bolsa de estudos para Stuttgart, Alemanha.

O Itego em Artes Basileu França é vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED).