Série A

Bahia bate Botafogo; Emerson diz: ‘CBF é uma vergonha’

De virada, baianos venceu por 3 a 2 na noite desta quarta-feira no Maracanã e deixam zona de rebaixamento




De virada, o Bahia venceu o Botafogo por 3 a 2 na noite desta quarta-feira no Maracanã e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Já o time alvinegro caiu para a 17.ª posição, a primeira do grupo do descenso. O jogo foi atípico, principalmente no segundo tempo, quando o Botafogo teve dois atletas expulsos, Ramirez e Emerson, e o Bahia atuou quase 35 minutos com essa vantagem. Assim que acabou a partida, o árbitro expulsou também o lateral Julio Cesar, por reclamação.

O jogo começou a feição para o Botafogo, que tomou a iniciativa de ataque e já tinha criado duas boas oportunidades antes mesmo de Emerson aparecer na área do Bahia para fazer o primeiro gol, de cabeça. O visitante lutava bastante e recebeu um presente logo em seguida. O zagueiro alvinegro Dankler, que atuou como lateral, quis afastar uma bola e fez gol contra, para desapontamento do goleiro Jefferson, que nada pôde fazer.

Ainda no primeiro tempo, num pênalti que não existiu, Emerson fez o segundo gol do Botafogo. O atacante estava muito nervoso e levou um cartão amarelo numa jogada boba, no segundo tempo. Em seguida, se dirigiu a uma câmera de TV e disse: “Essa é para você, CBF”, apontando para o árbitro.

Depois, fez uma falta desleal e recebeu o cartão vermelho. Na saída do campo, ele foi até um cinegrafista e atribuiu sua punição à CBF. “CBF, você é uma vergonha, vergonha, vergonha”, repetiu.

Dois minutos antes, Ramirez havia sido expulso também por falta violenta. Com quase todo o segundo tempo pela frente, o Bahia se aproveitou da saída de Emerson e Ramirez e chegou ao empate com Maxi Biancucchi e conseguiu a virada aos 45, numa finalização de Branquinho. Foi a quarta derrota seguida do Botafogo no Brasileiro e a situação do técnico Vagner Mancini está cada vez mais complicada.

FICHA TÉCNICA:
BAHIA 3 X 2 BOTAFOGO

GOLS – Emerson, aos 29 e 42, e Dankler (contra), aos 31 minutos do primeiro tempo. Maxi Biancucchi, aos 28, e Branquinho, aos 45 do segundo.
ÁRBITRO – Igor Benevenuto (MG).
CARTÃO AMARELO – Ramirez, Marcelo Lomba, Guilherme Santos, Emerson, Gabriel e Marcos Aurélio.
CARTÃO VERMELHO – Emerson e Ramirez.
LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio (RJ).

BOTAFOGO – Jefferson; Dankler, Edílson, André Bahia e Julio Cesar; Gabriel, Airton (Bolatti) e Ramirez; Rogério (Wallyson), Emerson e Zeballos (Mamute). Técnico – Vagner Mancini.

BAHIA – Marcelo Lomba; Railan, Demerson, Lucas Fonseca e Guilherme Santos; Rafael Miranda (Branquinho), Léo Gago (Maxi Biancucchi), Uelliton e Emanuel Biancucchi (Marcos Aurélio); Rafinha e Kieza. Técnico – Gilson Kleina.