Avril Lavigne faz performance ao vivo de ‘I Fell In Love With The Devil’

Faixa está no mais recente disco da artista, 'Head Above Water', que traz uma Avril mais madura e sóbria


Murillo Soares
Do Mais Goiás | Em: 30/04/2019 às 15:44:36

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Seguindo com a divulgação do disco Head Above Water, na noite desta segunda (29), a cantora Avril Lavigne fez a primeira apresentação ao vivo da faixa I Fell In Love With The Devil. A artista foi a atração musical do talk show The Late Late Show With James Corden.

Até então, a cantora havia participado de outros programas de televisão cantando apenas a faixa que dá nome ao título, Head Above Water. Lavigne chegou a viajar até o Japão, onde é bastante popular, para divulgar a canção.

Assista à performance de Avril Lavigne, I Fell In Love With The Devil

Head Above Water traz uma Avril Lavigne madura e vitoriosa

Head Above Water é o sexto disco de estúdio da cantora canadense Avril Lavigne. Neste projeto, a artista explora uma sonoridade mais sóbria e madura, abandonando o pop-rock adolescente que a fez famosa.

(Foto: Divulgação)

A única exceção é a estridente Dumb Blonde. Uma faixa com tambores de líder de torcida, voz infantilizada, guitarras fortes e versos de rap de Nicki Minaj.

O tema principal de Head Above Water é a vitória de Lavigne sobre a Doença de Lyme, doença infecciosa causada por bactérias e transmitidas pelo carrapato. Meses antes do lançamento disco, em carta-aberta, Avril narrou que passou longos períodos deitada e que, em certo momento, sentiu que morreria.

“Cinco anos se passaram desde que lancei meu último álbum. Eu passei os últimos anos em casa, doente, lutando contra a Doença de Lyme. Estes foram os piores anos da minha vida. Passei por batalhas físicas e emocionais”, conta Lavigne na carta.

“Consegui transformar esta luta em músicas das quais estou bem orgulhosa. Escrevi canções na minha cama e no sofá, e por lá gravei a maioria delas também”, continua a cantora. Na carta, Avril sublinha que as letras de suas próximas canções serão as mais verdadeiras que já escreveu e que saíram “sem nenhum esforço” para o papel.

(Foto: Divulgação)

“A primeira música que escolhi para lançar é Head Above Water (‘Cabeça Acima da Água’), canção que escrevi na cama, durante os momentos mais assustadores da minha vida”, diz. “Eu aceitei a morte e pude sentir meu corpo se desligando. Senti que estava afogando, como se estivesse embaixo da água, precisando subir para respirar”, sublinhou.

“Agora tenho um disco forte, triunfante e poderosa sobre mim e minhas experiências nos últimos anos”, revelou. “Estou muito animada de voltar a lançar músicas novas e feliz de ter vocês comigo nesta jornada. Vamos! Nova era!”, finalizou a carta.