Susto nas alturas

Aviões entram em rota de colisão e ficam a 60 metros um do outro durante voo

A distância recomendada pelas autoridades aeronáuticas é de, no mínimo, 300 metros.





//

Duas aeronaves de voos comerciais que sobrevoavam o Estado da Bahia no último domingo (28/06) ficaram a apenas 60 metros um do outro no ar. Os aviões eram operados pelas empresas Azul e Gol.

A distância recomendada pelas autoridades aeronáuticas é de, no mínimo, 300 metros. Ou seja, uma distância cinco vezes maior do que a registrada.

O avião da azul Linhas Aéreas era do modelo ATR 72-600 e fazia o voo AD 2662, de Barreiras, na Bahia para a capital do Estado. A aeronave da Gol era do modelo Boeing 737-800 e tinha como destino Aracaju, no Sergipe.

Segundo informações, por volta das 15h40, o comandante da Gol chamou a torre, logo após a decolagem, para reportar o que estava ocorrendo. “Torre, Gol 1884 encontrou tráfego aqui a 200 pés [60 metros] passando aqui embaixo”, dizia a gravação.

Caso as duas aeronaves se chocasse, o acidente seria fatal para todos a bordo, já que a velocidade de ambas era alta. O Boeing da Gol voava a 378 nós (700km/h) e o ATR da azul estava a 216 nos (400km/h). (Da Jovem Pan AM)