Francisco Costa
Do Mais Goiás

Avante Goiás quer fazer um deputado federal no próximo pleito

Seis candidatos com 20 mil votos garantem cadeira, diz presidente da sigla

Avante Goiás quer fazer um deputado federal no próximo pleito
(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Presidente do Avante Goiás, o vereador de Goiânia Thialu Guiotti prevê que o partido fará um deputado federal em 2022. Ele lembra que a sigla alcançou 100 mil votos no Estado, no último pleito, número próximo ao necessário para atingir o quociente eleitoral da Câmara.

Para ele, a questão é matemática. Guiotti lembra que em Goiânia, Anápolis, Formosa, Valparaíso, Pires do Rio, Abadiânia e Cezarina foram feitos dois vereadores em cada, sem alta votação individual. “Temos a convicção de que em 2022, o Avante fará um deputado federal e de três a quatro deputados estaduais”, afirmou.

Em relação à Câmara, ele crê ser possível garantir uma cadeira com média de 20 mil a 30 mil votos, tendo ou não alteração na legislação eleitoral. Em 2018, vale lembrar, com 120 mil votos válidos foi possível fazer um deputado.

O número favorece partidos menores, na avaliação do presidente do Avante, pois com seis candidatos com média de 20 mil confirmações na urna já seria possível chegar ao Congresso. Thialu adiantou ao portal, inclusive, que é pré-candidato à Câmara Federal.