Do Mais Goiás

Avaí vence Icasa e esquenta briga por vaga no G4

Na terça-feira, às 21 horas, o Avaí volta a campo para enfrentar Atlético-GO, no Estádio Serra Dourada

O Avaí pôs um fim à sua sequência de duas derrotas e esquentou a briga pelo G4 no Campeonato Brasileiro da Série B, na noite deste sábado. Mesmo sem apresentar um grande futebol, o time catarinense superou o Icasa por 1 a 0, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, e garantiu seu lugar no grupo dos quatro primeiros.

O Avaí vinha de derrotas para o Náutico, por 2 a 0, e para o ABC por 2 a 1, e corria risco de deixar o G4 em caso de novo tropeço. Agora, ocupa a terceira posição, com 52 pontos. São dois pontos a mais que o Ceará, o quinto colocado. Por outro lado, o Icasa seguem afundados na zona de rebaixamento, com 28 pontos, no 18.º lugar.

Apesar do futebol apático do primeiro tempo, o Avaí conseguiu abrir o placar aos 28 minutos. O meia Marquinhos cobrou falta na área e o goleiro Gustavo Busatto deu um encontrão com o atacante adversário. A sobra ficou com o zagueiro Antônio Carlos, que teve tempo de dominar e mandar para o gol vazio.

Na segunda etapa, os catarinenses voltaram ainda mais ofensivos. Isso mesmo com a vantagem no placar e a forte chuva que castigava o gramado. Com um time limitado e sem poder de reação, o Icasa não conseguiu sequer levar perigo à meta do goleiro Vagner.

Na próxima terça-feira, às 21 horas, o Avaí volta a campo para enfrentar o Atlético-GO, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Já o Icasa vai encarar o Oeste, na sexta-feira, às 19h30, no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE).

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 1 X 0 ICASA

GOL – Antônio Carlos, aos 28 minutos do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS – Eltinho, Eduardo Costa, João Filipe e Antônio Carlos (Avaí); Naylhor, Gilberto e Albano (Icasa).
RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.
LOCAL – Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

AVAÍ – Vagner; Bocão, João Filipe, Antônio Carlos e Eltinho (Thiago Carleto); Eduardo Costa, Eduardo Neto, Diego Felipe (Revson) e Marquinhos; Anderson Lopes e Bruno Mendes (Roberto). Técnico: Geninho.

ICASA – Gustavo Busatto; Naylhor (Luiz Fernando), Gilberto e Carlinhos Rech; Ivonaldo, Albano, Mauri, Roger (Júnior Barros), Danilo Cintra (Núbio Flávio) e Zeca; Lucas Gomes. Técnico: Vladimir de Jesus.