Samuel straioto
Do Mais Goiás

Auxiliares de Iris que serão candidatos preparam-se para deixar cargos

Secretários que vão disputar eleições devem deixar cargos até dia 4 de abril

Iris não dará privilégios a secretários que queiram ser candidatos

No início do próximo mês, faltarão seis meses para as eleições municipais. Segundo a legislação, secretários municipais que desejarem se candidatar para o cargo de vereador deverão se desincompatibilizar. Na prefeitura de Goiânia, há alguns secretários que deixarão os cargos. O prefeito Iris Rezende sinalizou que já pensa nos substitutos.

“Eu não tenho motivo e nem teria a petulância de proibir integrante da minha equipe de se candidatar. Eu não tenho direito, mesmo sendo um bom secretário de impedi-lo a se candidatar. Todos aqueles que querem se candidatar terão oportunidade e estou observando as pessoas competentes e capazes de substituir numa eventualidade como essa”, declarou.

A reportagem do Mais Goiás apurou que há alguns secretários que estão cogitados a participar do pleito eleitoral para o cargo de vereador: Henrique Alves (Planejamento Urbano e Habitação); Agenor Mariano (Administração); José Alício de Mesquita (Presidente do Imas); Mizair Lemes Júnior (Assistência Social); Fernando Santana (Trânsito e Mobilidade) e Paulo Henrique Rodrigues Silva (Presidente do Goiânia Prev). No segundo escalão, entre os nomes mais conhecidos está o da superintendente de Habitação, Célia Valadão.

Fernando Santana já negou algumas vezes, em conversas com a reportagem, que não tem interesse em ser candidato. Para uma provável vice de Iris, cogita-se o nome do secretário de governo, Paulo Ortegal, que goza de boa aceitação entre os secretários e vereadores; além de Agenor Mariano, que é forte aliado de Iris, mas com considerável rejeição interna.

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal www.EMAISGOIAS.com.br pelo WhatsApp (62) 98272-3896 ou entre em contato pelo (62) 3259-6500