Literatura

Autor goiano lança HQ pós-apocalíptica Cidade Buraco

Primeiro volume de uma série fala sobre uma sociedade em estado de guerra perpétua e estagnação tecnológica

Arte e Diversão

Jose Abrão
Do Mais Goiás | Em: 04/05/2017 às 11:50:47

Emerson Rodrigues (Divulgação)
Emerson Rodrigues (Divulgação)

“No sombrio e sinistro futuro distante só existe a guerra”. Embora este seja o slogan de Warhammer 40,000, ele pode ser aplicado ao futuro pós-apocalíptico de Cidade Buraco, HQ de estreia do quadrinista goiano e animador veterano Emerson Rodrigues, da Hábil Produções em parceria com o estúdio Mão de Macaco.

A trama se passa em um futuro distante em que o mundo vive em um estado de estagnação tecnológica e de guerra perpétua. Neste cenário, geração após geração nasce e morre lutando sem sequer saber porque estão em guerra.

O primeiro volume sai pelo selo infanto-juvenil Tuci, da Nega Lilu Editora. Com 46 páginas, ele narra a história de um refugiado que, após perder tudo, chega à Cidade Buraco, uma cidade literalmente em um buraco, conhecida como único lugar seguro do planeta.

A ideia de uma cidade distante resistindo a um futuro sinistro não é novo na ficção especulativa, marcando obras de grandes autores do gênero, como M. John Harrison, Jack Vance e Frank Herbert.

Cidade Buraco traz como diferencial seu toque brasileiro e mesmo goiano, apesar das influências do autor: “Eu gosto muito de Frank Herbert, cara. O que eu acho muito legal em Duna é que a história acompanha o planeta. Os personagens morrem, aparecem outros. Eu queria conseguir com a série dar um ponto de vista bem afastado, que a pessoa possa ver mil anos da evolução da cidade, bem além da vida de uma pessoa”, conta Rodrigues.

(Divulgação)

Porém, as ideias do autor foram influenciadas principalmente não pela ficção, mas pela História com H maiúsculo: “A Guerra dos Cem Anos sempre me intrigou porque pensa assim, 100 anos em guerra em uma época em que a expectativa de vida era de no máximo 30, 40 anos. São várias gerações que nasceram e morreram durante a guerra e as pessoas continuam trabalhando, tendo filho e fazendo o que tem que fazer. Mas e se durasse eternamente? E aí comecei a trabalhar uma ideia de sociedade em cima disso”, revela.

Já sobre a cidade, Rodrigues contou que se inspirou na peculiar origem de Veneza: “A Cidade Buraco é uma cidade no buraco. Tem a ver com a fundação de Veneza que é um treco maluco que é um monte de gente do norte da Itália que se cansou de ser sempre atacado e que fugiu pro pântano, onde não seriam atacados. Só que por estarem ali no meio e isolados acabaram se tornando um mercado livre e ficaram ricos e começaram a fazer as grandes estruturas europeias no meio do pântano”.

Embora esta seja sua primeira HQ, o autor é um grande fã de quadrinhos desde sempre: “Na verdade eu fui pra animação por causa de quadrinho. Sempre gostei e quadrinho, compro muito quadrinho. Agora eu cansei um pouco de publicidade, trabalhei muitos anos com publicidade, e resolvi dar um tempo e fazer quadrinho”.

Com a rotina apertada atuando na área publicitária, ele disse que Cidade Buraco é uma ideia antiga que só agora foi executada: “Tem muito tempo. Comecei e parei. Eu fazia entre um trabalho publicitário e outro. Mas aí a gente aprovou ele na lei e aí tive mais tempo pra poder me dedicar”.

E Rodrigues destaca que este é o volume 1: “A ideia é tentar engatar um no outro, já tem coisa feita dos volumes seguintes, tenho que me concentrar neles agora. Quanto menor o hiato melhor, vamos ver o que podemos fazer”, disse. Ele declarou que também não descarta lançar a série em formato online e digital.

Com a HQ de estreia, a intenção é tentar vender a ideia no mercado nacional e internacional: “Com esse primeiro, vamos tentar publicar com outras editoras, tentar levar pra fora do país. A ideia é que ele se sustente sozinho, mas enquanto não, vamos procurar leis de incentivo”.

Cidade Buraco vai ser lançada nesta sexta-feira (5) às 19h na loja de quadrinhos Mandrake, na Avenida T-3 do Setor Bueno.

SERVIÇO
Lançamento: Cidade Buraco: volume 1
5 de maio (sexta-feira) – 19h
Mandrake Comic Shop (Av. T-3, 2673, Galeria Pátio do Lago – Setor Bueno, Goiânia)
Entrada gratuita
Mais info: www.cidadeburaco.com