Do Mais Goiás

Australiana finge câncer terminal para ganhar dinheiro

Belle Gibson não doou os R$ 900 mil à entidades de combate ao câncer como tinha prometido e passou a ser pressionada


//

A australiana Belle Gibson, uma blogueira que escrevia sobre saúde, criou um negócio de sucesso ao dizer ter sobrevivido a um câncer terminal. Ela relatava desde 2013 sua batalha com um tumor no cérebro na página The Whole Pantry, usando em seu tratamento alimentos saudáveis e terapias alternativas.

Também lançou um aplicativo para celular e um livro de receitas, além de conseguir um grande número de seguidores em redes sociais, por onde dava conselhos de “bem-estar”. Mas, agora, ela admite que tudo não passou de uma mentira. “Nada é verdade”, confessou à revista Australia’s Women’s Weekly.

As primeiras dúvidas sobre a veracidade de sua história surgiram quando veio à tona que ela não havia doado US$300 mil (R$900 mil) à entidades de combate ao câncer como tinha prometido. Ela passou a ser pressionada para publicar documentos médicos que a respaldassem, mas se negou.

Antes de publicar a entrevista na última quinta-feira, a revista afirmou que a blogueira “chorou facilmente” ao ser pressionada para dar respostas. “Não quero perdão”, garantiu Gibson à publicação, acrescentando que vinha à público agora porque tinha a “obrigação de fazer isso”.

Os motivos de seu comportamento ainda são um mistério. Ela deu poucos detalhes do que a fez mentir publicamente, além de dizer que teve uma “infância problemática”. A revista australiana especulou que ela poderia estar sofrendo de algum problema psicológico em que pessoas buscam atenção ao firgir ter uma doença.