Francisco Costa
Do Mais Goiás

Aumento para vereadores de Goiânia não entrará em pauta este ano

Fonte afirma que presidente da Casa de Leis não subirá projeto para o plenário

Matéria que prevê aumento de vereadores não entrará em pauta, neste ano
Matéria que prevê aumento de vereadores não entrará em pauta, neste ano

Presidente da Câmara de Goiânia, Romário Policarpo (Patriota) não vai colocar a matéria que prevê aumento a vereadores, secretários, vice e prefeito na pauta, neste ano. A informação foi passada por uma fonte de dentro da Casa de Leis.

Mais cedo, o líder do governo Iris na Câmara, Welington Peixoto (DEM), já tinha dito que acreditava que o projeto não seria colocado na pauta por Romário. “Diante da indecisão de alguns, indefinição e alguns contrários, perdeu o clima. Acredito, inclusive, que o presidente da Câmara, Romário Policarpo (Patriota) não irá colocar na pauta”, disse ao portal.

O Mais Goiás procurou o presidente da Câmara, mas ele preferiu não comentar o assunto.

Projeto

Com a legalidade aprovada na CCJ, o projeto de lei de autoria de Milton Mercês (Patriota) segue para o plenário, onde precisa passar em duas votações. O texto prevê que o salário do prefeito deve ser fixado em igual valor a dos deputados estaduais, do vice-prefeito equiparado a dos vereadores, que seria em 75% do valor recebido pelos deputados.

Caso seja aprovada, o salário do prefeito sairá dos atuais R$ 27 mil para R$ 33,7 mil, aumento de 39,4%. Enquanto os vereadores receberão R$ 18,9 mil (hoje é R$ 15,6 mil), reajuste de 21,4%.

Leia mais:

Apesar de legal, aumento do salário de vereadores atinge esfera moral, diz jurista