Cidades

Aulas da rede estadual têm início nesta quinta-feira

Uma minoria, no entanto, adequou o calendário para que o retorno ao segundo semestre letivo tivesse início na próxima segunda-feira, dia 4


mgadmin

Do Mais Goiás | Em: 31/07/2014 às 09:41:34



Esta quinta-feira, dia 31, marca o início do segundo semestre letivo com as aulas começando na maior parte das 1.095 escolas de Ensino Fundamental e Médio da rede estadual de educação de Goiás. Uma minoria, no entanto, adequou o calendário para que o retorno ao segundo semestre letivo tivesse início na próxima segunda-feira, dia 4. Esse é o caso, por exemplo, da regional de Anápolis. Ao todo, mais de 563 mil alunos retornam às aulas na rede.

100 dias letivos
O segundo semestre contará com 100 dias letivos, com início das aulas neste dia 31 de julho e término previsto para o dia 19 de dezembro. Atualmente existem 563.058 alunos matriculados na rede. A maioria está concentrada em turmas de 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, onde estão 230.56 alunos. Em segundo lugar vem o Ensino Médio, com 214.090 estudantes.

O Ensino Especial tem 60.857 alunos em sala de aula. Do 1º ao 5º ano do  Ensino Fundamental são 37.580 estudantes. Já a Educação de Jovens e Adultos (EJA) apresenta um quantitativo de 19.848 pessoas. A rede ainda mantém 127 crianças matriculadas em turmas de Educação Infantil. São crianças que vivem nos municípios de Goianésia e Aruanã (ensino indígena). Dentre as 1.095 escolas que integram a rede estadual de educação, 939 recebem alunos do Ensino Fundamental, 608 oferecem o Ensino Médio e 278 unidades educacionais ofertam a EJA.

Foco na qualidade
A superintendente de Ensino Fundamental da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Viviane Melo, faz questão de destacar que o retorno às aulas significa também a retomada de diversos projetos e ações, todos com foco na garantia de uma educação pública de qualidade.

De acordo com ela, neste segundo semestre, o trabalho de capacitação dos professores e demais profissionais continuará sendo prioridade. Por isso, já estão agendados para o próximo mês vários encontros formativos, entre eles o do programa Mais Educação, que registra a adesão de novas escolas a partir de agosto, e do Ciranda das Artes, que tem priorizado a qualificação dos professores que atuam nas áreas de dança, música, teatro e artes plásticas.

Estrutura modelo
No Colégio Estadual Tancredo Neves, em Goiânia, a volta às aulas terá um gostinho mais do que especial. A antiga escola de placas, que oferecia uma estrutura física precária aos professores e alunos, foi substituída por um prédio novo, construído dentro do Padrão Século 21. A unidade funciona no Setor Tropical Verde.

A secretária geral da escola, Josely Camilo dos Santos Silva, comemora o retorno do semestre letivo com animação. Ela conta que nesta quinta-feira, os professores e servidores se reunirão para traçar a acolhida aos alunos. A primeira semana de aula já tem uma prioridade: a direção do colégio vai aproveitar para dar início a uma campanha de conscientização sobre a importância de preservação do patrimônio público.

Inaugurado no dia 24 de junho, o Colégio Estadual Tancredo Neves oferece os três anos do Ensino Médio, nos três períodos, e turmas do 8º e 9º anos do Ensino Fundamental. Atualmente são cerca de 1.100 alunos matriculados na unidade, que tem capacidade para atender até 1.500 estudantes.