Goleada

Atlético mostra superioridade e goleia Goiânia no clássico “Vovô”

Dragão não deu chances e "atropelou"o Galo

Esportes

Samuel straioto
Do Mais Goiás | Em: 26/01/2020 às 18:01:39

Atlético sobra e goleia Goiânia no clássico “Vovô”. Foto: Twitter Atlético
Atlético sobra e goleia Goiânia no clássico “Vovô”. Foto: Twitter Atlético

No clássico “Vovô”, entre as duas equipes mais antigas da capital, o Atlético venceu o Goiânia por 5 x0 em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Goiano. O “Dragão”, time de Série A do Brasileirão, foi superior ao “Galo” durante toda a partida. Com a vitória o Rubro Negro chega a 6 pontos e mantém 100% de aproveitamento. Já o Alvinegro continua com apenas um ponto somado na competição.

O Atlético foi muito superior ao Goiânia durante a partida. O Rubro Negro teve inúmeras facilidades para chegar ao gol do Galo. O Alvinegro não conseguiu resistir a qualidade do ataque atleticano. O jogo marcou a estreia do técnico Cristovão Borges no comando do Atlético.

Com o resultado, o Dragão supera o Jaraguá (que venceu o Vila Nova por 1 x 0 no OBA) no saldo de gols. O Atlético voltará a campo quarta-feira, novamente no Olímpico, contra o Anápolis. O Goiânia joga na Serrinha, contra a Aparecidense.

1º Tempo

O Goiânia começou dando sustos no Atlético. Nos dois primeiros minutos de partida, foram dois ataques Alvinegros. O galo finalizou primeiro com Crispim, Kozlinski defendeu. No segundo ataque, após cobrança de escanteio, Gilvan desvia, e Lucena cabeceou no travessão.

O Atlético rapidamente deu a resposta. Aos 9 minutos, após cobrança de escanteio, Gilvan desvia, e Marlon Freitas, livre, mandou para o fundo das redes.

O Goiânia até tentava atacar, mas o Atlético-GO levava mais perigo quando pega a bola. Dragão sempre consegue pelo menos o escanteio.

O Rubro Negro continuava chegando com muita facilidade na defesa do Galo. Aos 30 minutos de jogo, após cruzamento de Reginaldo pela direita, Gustavo Ferrareis pegou de primeira à queima-roupa e ampliou. Atlético 2 x 0 Goiânia.

Aos 32 minutos o árbitro Elmo Rezende deu cartão amarelo para Lucena do Goiânia. Aos 37 minutos, por pouco o Dragão não fez o terceiro. Edson bateu rasteiro. O Goiânia tentava sair para o ataque, mas de forma muito desorganizada.

Aos 45 minutos, mais um gol do Rubro Negro, tocando a bola com muita facilidade, Nicolas recebeu passe e cruzou. Lagamar afastou mal, e Renato Kayzer, na cara do gol, marcou o gol. Atlético 3×0 Goiânia. Aos 46 minutos foi encerrada a primeira etapa.

2° Tempo

O Galo voltou fazendo substituição. O técnico Artur Neto trocou Lagamar por Romarinho. Aos 7 minutos da etapa final, o Goiânia esboçou reação. Anthony acertou uma bomba de fora da área, esquentando a mão do goleiro Kozlinski.

O Atlético seguiu tranquilo, dominando as ações da partida. Aos 16 minutos, o atacante Renato Kayzer ajeitou a bola para trás e Matheuzinho, encheu o pé na bola, marcando um golaço, no ângulo. Sem chances para o goleiro Santillo. Atlético 4×0 Goiânia.

Aos 21 minutos o técnico do Goiânia, Artur Neto promoveu mais uma alteração. Saiu Vinícius e entrou Neto. Aos 25 minutos, Renato Kayzer saiu e entrou Júlio César.

Ferrareis do Atlético é derrubado na área, e o árbitro Elmo Resende marca aos 27 minutos da etapa final. Na cobrança, Jorginho desloca o goleiro e amplia. Atlético 5 x 0 Goiânia. Aos 32 minutos mais uma alteração no Atlético, saiu Matheuzinho e entrou João Pedro.

O time rubro-negro seguiu em ritmo de treino e controlou o jogo com tranquilidade. O Atlético seguiu com mais posse de bola ofensiva.

Aos 39 minutos, Klauber do Goiânia perdeu a cabeça e foi expulso por falta violenta em Edson. Ele levou o segundo cartão amarelo. O Goiânia promoveu a última substituição aos 36 minutos. Saiu Crispim e entrou Alemão. Já o Atlético aos 39 minutos, Cristovão Borges tirou Reginaldo. Dudu entrou no lugar dele.

O Atlético foi apenas administrando no restante do jogo. Aos 47 minutos a partida foi encerrada.

 

Ficha Técnica

Jogo: Atlético x Goiânia

Data: 26 de janeiro de 2020

Horário: 16h00

Local: Estádio Olímpico

Arbitragem

Árbitro: Elmo Resende

Assistente 1: Paulo César Almeida

Assistente 2: Alexandre Amaral

Escalações

Atlético: Kozlinski; Reginaldo, Oliveira, Gilvan; Edson, Marlon Freitas, Jorginho; Matheus, Gustavo Ferrareis, Renato Kayzer. Técnico: Cristóvão Borges

Goiânia: Matheus Santillo; Marcelo, Dedé, Cristiano, Anthony, Lagamar; Klauber, Lucena (Cartão Amarelo), Vinícius, Neto, Crispim, Du Gaia. Técnico: Artur Neto.