Série B

Atlético-GO pressiona, mas leva empate do Mogi em casa

Arthur abre o placar para o Dragão, enquanto Rivaldinho deixa tudo igual para os paulistas.





//

Na zona de rebaixamento, tanto Atlético-GO quanto Mogi Mirim precisavam da vitória nesta sexta-feira. No entanto, o empate por 1 a 1, no Estádio Serra Dourada, mantém as duas equipes em situação de perigo na Série B do Campeonato Brasileiro. O Dragão, com 10 pontos, amarga o 18º lugar, enquanto o Mogi, que foi a oito pontos, continua o lanterna da competição.

A partida foi apertada. Nos 45 minutos iniciais, os anfitriões foram os responsáveis pelas principais chances de gol, com Arthur sempre bem posicionado no ataque, apesar de um desempenho apático em campo. O Mogi, mesmo com maior posse de bola, não soube se lançar mais à frente e mostrou grande dependência das jogadas feitas por Serginho. Ao fim da primeira etapa, o ritmo de jogo ficou mais intenso, já dando uma prévia de como seria o segundo tempo.

Pelo lado do Dragão, Arthur abriu o placar aos 4 minutos do segundo tempo. O Atlético-GO intensificou o ataque e assustou a zaga do Mogi algumas vezes. Após algumas modificações, no entanto, o Sapo respondeu com gol de Rivaldinho, aos 32, deixando o clima mais tenso em campo.

Os dois times permanecem na zona de rebaixamento mesmo antes do desenrolar da rodada completa. O Atlético-GO soma nove pontos até aqui e aumenta o jejum de vitórias para cinco partidas (três derrotas e dois empates). A próxima chance de reabilitação é no sábado, dia 18, contra o Santa Cruz, no Arruda.

O Mogi, por sua vez, tem sete pontos e mostra um traço, mesmo que pequeno, de reação após dez jogos sem vencer. Na próxima rodada, possivelmente com Rivaldo em campo (o craque foi poupado pela comissão técnica, após jogar quase 70 minutos contra o Náutico), o Sapo enfrenta o Macaé, terça-feira, às 19h30, no Romildão.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 1 X 1 MOGI MIRIM

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 10 de julho de 2015, sexta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (MG)
Assistentes: Pablo Almeida da Costa (MG) e Wesley Moreira de Carvalho (MG)
Público: 486 pagantes
Renda: R$ 9240,00
Cartões amarelos: Geraldo, Anderson Leite e Rodrigo Maranhão (Atlético-GO); Paulão, Fábio Sanches, Romarinho e Léo Bartholo (Mogi Mirim)

Gols
ATLÉTICO-GO: Arthur, aos 4 minutos do segundo tempo
MOGI MIRIM: Rivaldinho, aos 32 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-GO: Márcio; Eduardo, Lino, Marllon e Samuel; Anderson Pedra (Rodrigo Maranhão), Pedro Bambu, Anderson Leite (João Denoni) e Aílton; Geraldo (Juninho) e Arthur
Técnico: Jorginho

MOGI MIRIM: Daniel; Edson Ratinho, Fábio, Paulão e Luan; Magal, Henrique Motta (Rivaldinho), Bartholo e Gustavo Costa (Elvis); Serginho e Matheus Ortigoza (Júnior Juazeiro)
Técnico: Sérgio Guedes