Ativista do Femen pega Jesus na manjedoura em presépio no Vaticano

A mulher tirou a camiseta e mostrou os seios, onde se lia "God is woman" (Deus é uma mulher)


//

As forças de segurança do Vaticano e policiais italianos prenderam uma integrante do grupo feminista ucraniano Femen após ela pegar a estátua do Menino Jesus do presépio da Praça de São Pedro.

Cerca de uma hora depois da saída do papa Francisco, que realizou sua tradicional mensagem de Natal, a manifestante mostrou o peito e arrancou a estátua do menino Jesus do presépio em tamanho natural no centro da praça, enquanto milhares de visitantes estavam passeando pelo espaço.

O representante das forças de segurança do Vaticano empurrou a mulher e depois a cobriu com um casaco. 

O grupo feminista “Femen” nasceu na Ucrânia e se opôs, exibindo seios, ao antigo regime pró-russo do país assim como à Igreja Ortodoxa. O movimento se espalhou por toda a Europa, onde também critica a Igreja Católica, acusada de ser retrógrada em relação aos direitos das mulheres.