Recomendações

Associação de Supermercados diz que não compactua com aumento de preços injustificados de fornecedores

Em carta aberta, Agos manifesta preocupação com que reajustes que considera, até o momento, injustificados

vini testeCidades

Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 27/03/2020 às 18:09:52

(Foto: Agência Brasil)
(Foto: Agência Brasil)

A Associação Goiana de Supermercados (Agos) emitiu uma carta aberta aos consumidores em que manifesta preocupação com o “aumento de preços praticados por alguns de seus fornecedores e em razão do aumento da demanda causada pela pandemia do Covid-19”. No texto, a Agos deixa claro que “os supermercados repassam o custo dos produtos que adquirem da indústria”, mas que “não compactua com esta prática [de aumento de preços] realizada de forma até então injustificada”.

De acordo com a associação, os supermercados têm tentado negociar os custos com seus fornecedores e mantido a mesma margem de comercialização. Inclusive, a Agos reforça que recomendou aos estabelecimentos a “não aumentarem suas margens de lucro em respeito aos consumidores”.

Por fim, a nota pede que os consumidores façam somente a compra de itens necessários para o consumo. “Pois isso fortalece o conceito da negociação dos supermercados com os fornecedores por preços mais justos.”

Confira a carta da Agos na íntegra: