Confusão

Assessor da deputada estadual Adriana Accorsi é solto

Em nota, a deputada informou que demitiu o assessor e mais dois servidores envolvidos no caso





//

O assessor parlamentar da deputada estadual Adriana Accorsi, Marcus Vinícius de Faria Felipe, foi solto no final da tarde deste domingo (30/08). Ele estava preso desde a noite de sábado na Delegacia Estadual de Capturas (Decap), no Setor Jaó, em Goiânia.

Marcus Vinicius foi detido por porte ilegal de arma de fogo e disparo em via pública. Segundo a Polícia Militar, ele estava com uma pistola semiautomática Glock 380 com kit rajada.

Marcus, apresentou o certificado federal de registro da arma, mas o documento estava vencido desde janeiro de 2013. O assessor foi encaminhado ao 8º Distrito Policial, no Setor Pedro Ludovico, onde foi registrada a ocorrência.

Na noite de ontem, a deputada Adriana Accorsi emitiu uma nota informando que determinou a demissão imediata do assessor Marcus Vinícius e de mais dois servidores envolvidos no fato.

Leia a nota na íntegra

“COMUNICADO

Ao tomar conhecimento do fato ocorrido na noite do último sábado, 29, a deputada estadual Delegada Adriana Accorsi determinou:

– A DEMISSÃO imediata dos três servidores envolvidos no referido fato;
– a INSTAURAÇÃO DE SINDICÂNCIA para apuração das circunstâncias em que foi apreendido o carro oficial de uso do seu mandato, para os respectivos encaminhamentos e esclarecimentos à sociedade;
– o mandato permanecerá à disposição da Polícia Civil para contribuir com as investigações e esclarecimento dos fatos;
– por fim, reitera a sua posição frente ao acontecido, que não coaduna com atos ilícitos, que considera lamentável tal fato, uma vez que acredita que todo o servidor público deve ter conduta proba, ser honesto, justo, primar pela transparência e seriedade frente ao trabalho e atuação pública;
– que maiores informações a respeito deste caso, serão obtidas através da assessoria de comunicação de seu gabinete.

Goiânia, 30 de agosto de 2015.”