PRIMEIRO LUGAR NO RANKING

“As melhores escolas públicas do país estão em Goiás”, diz Caiado após nota do Ideb

O estado atingiu a maior nota do Ideb na avaliação do Ensino Médio, em todo o Brasil, com 4,8


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 15/09/2020 às 21:44:07

Após o estado alcançar o primeiro lugar no Ideb 2019, no Ensino Médio, o governador Ronaldo Caiado disse que “as melhores escolas públicas estão em Goiás”. (Foto: divulgação)
Após o estado alcançar o primeiro lugar no Ideb 2019, no Ensino Médio, o governador Ronaldo Caiado disse que “as melhores escolas públicas estão em Goiás”. (Foto: divulgação)

Após o estado alcançar o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2019, no Ensino Médio, o governador Ronaldo Caiado (DEM) disse que “as melhores escolas públicas do país estão em Goiás”. Em evento de divulgação dos dados, o democrata comemorou o resultado e afirmou que espera chegar na nota 5.

Dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) mostram que Goiás atingiu as metas tanto para o ensino fundamental, quanto para o Ensino Médio. O estado atingiu a maior nota do Ideb na avaliação do ensino médio, em todo o Brasil, com 4,8. Além disso, o patamar alcançado foi superior ao registrado nacionalmente, de 4,2. Os dados referentes a 2019 levaram em conta a matrícula de 7,5 milhões alunos em 28,8 mil escolas de todo o Brasil. O Ideb, criado a partir de decreto federal em 2007, é divulgado a cada dois anos.

Em relação ao Ideb do Ensino Médio, Goiás puxa a lista dos que apresentaram melhor desempenho, superando, inclusive, estados do Sul e Sudeste, como Espírito Santo, São Paulo e Paraná. Quando se analisam apenas os dados da rede pública goiana, a nota é de 4,7, superior à meta estipulada de 4,4. No estado, mais de 82% das matrículas do ensino médio são da rede estadual, de acordo com os dados de 2019.

“Vocês hoje levantaram a bandeira da educação no Brasil. Vocês são top, eu me curvo”, disse governador ao agradecer educadores. Ao lado da primeira-dama, Gracinha Caiado, e da secretária Fátima Gavioli (Seduc), ele traçou a meta para indicador de 2021: “Agora queremos chegar na nota 5”.

Metas

A titular da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) celebrou as metas atingidas e informou que secretários de pelo menos três Estados já manifestaram interesse em conhecer de perto a gestão goiana. Sobre o futuro, o MEC, responsável pelos índices, projeta que o Estado poderá ser o primeiro a atingir nota 5 no próximo Ideb.

“O que quero é crescer. Então, saímos de 4,3 [resultado de 2017] para 4,7 e temos que caminhar agora para chegar ao bendito 5”, relatou a secretária. “Isso exige empenho, dedicação e abnegação. Temos de nos envolver muito mais. Ninguém vai nos tirar do rumo, e nosso rumo é melhorar a educação de Goiás,” pontuou.

Gavioli garantiu que as notas alcançadas na atual edição do Ideb é fruto do esforço da comunidade escolar e de uma gestão transparente, que trabalha para garantir o resultado dos alunos, e não somente por números. “Goiás é primeiro lugar no Ideb, bicampeão, e dessa vez não teve pressão nenhuma.”

Outro fator que motivou o bom rendimento foi o reforço no currículo escolar nas disciplinas protagonistas. “Sabemos que foram acrescentadas mais duas aulas de português e duas de matemática por semana. Isso é amor, não é fazer educação como retórica, discurso de palanque”, descreveu Caiado.

“Atribuo esse resultado positivo aos vários modelos de educação que Goiás”, disse a secretária de Educação, citando desde o ensino regular, militar, integral até as escolas nas comunidades kalunga e quilombolas. “Os professores gostam de fazer trabalhos científicos, de desenvolver com alunos os textos e abraçaram essas duas aulas a mais de português e matemática. Todos se esforçaram, sem dúvidas, para que a criança aprenda. Porque você não consegue chegar àquele resultado sem a criança aprender”, destacou.