Publieditorial

Arca Parque: opção de lazer completa na capital da fé

Localizado em Trindade, parque temático cristão tem opções de lazer que englobam esportes, piscinas, aventura natureza e boa culinária


Jose Abrão
Do Mais Goiás | Em: 22/06/2017 às 08:00:36

(Divulgação/Planalto Invest)
(Divulgação/Planalto Invest)

Nesta sexta-feira (23) começa a festa do Divino em Trindade. Milhares de fiéis e romeiros devem passar pela rodovia em direção ao santuário para fazerem pedidos e agradecer por graças recebidas. A tradição pede que o fiel vá até a cidade à pé, mas nada o impede de descansar na volta: pouca gente sabe, mas bem ali, pertinho da rodovia, está sendo implantado o maior parque temático cristão do Brasil.

O grupo Planalto Invest, com mais de 60 anos de mercado, já está vendendo os passaportes antecipados para o Arca Parque (@arcaparque), centro de lazer com temática cristã localizado em Trindade. “Ele está dentro de um complexo de lazer que se chama Terra Santa e a âncora desse complexo é o Arca Parque, o parque tem o tema da Arca de Noé e está sendo construído com várias esculturas de animais e a própria Arca. Temos quatro condomínios e o parque, tudo com uma temática bíblica”, conta José Roberto Nunes, CEO do Planalto Invest e quem lidera o projeto.

José Roberto conta que a intenção é reforçar o turismo religioso de Trindade para toda a família cristã: “Até pela própria localização que é a capital da fé goiana e que perde em destino turístico religioso apenas para Aparecida em São Paulo”. Com a construção da nova basílica, prevista para ser finalizada em 2022, ele já prevê: “Ela vai ser a maior da América Latina e provavelmente vai se tornar a maior atração religiosa do Brasil”.


Religioso, José Roberto acredita que é uma união auspiciosa fazer este empreendimento na Rota da Fé: “Eu sou cristão, acredito na Palavra de Deus, faço tudo pautado em Deus. Então juntou a minha vontade de fazer algo nesse sentido com o local onde estamos instalados que é Trindade, que é a capital da fé goiana”.

Atualmente, o parque está vendendo ingressos de duas formas: day-use pra quem quer passar o dia e o passaporte com preço promocional. Quem comprar uma das chácaras dos condomínios também ganha o passaporte de acesso ao parque, mas é preciso se apressar: “Comercializamos 1200 unidades em quatro condomínios. Estamos nas últimas unidades e devemos lançar um novo condomínio no segundo semestre”.

O Arca tem 157 mil metros de área. É maior em área que os demais parques do Estado, o que garante espaço para muitas expansões e novas atrações no futuro, diz José Roberto, “É o maior do Centro-Oeste”. Ele estabeleceu quais são os pontos centrais dele: “Nossos cinco pilares são o restaurante, a Fazendinha do Noé, que é uma fazendinha com mini-animais, várias aves, araras, pavão, mini-vaca, pôneis; temos o haras, que tem passeio de pônei e tem cavalgada de uma hora dentro dele e tem o pesque-pague. Agora chegamos com o Parque Aquático, o Arca Esporte e o Arca Aventura”.


O restaurante e empório assim como a Fazendinha e pesque-pague já estão em funcionamento há cerca de um ano e três meses. Agora a próxima parte deve ser entregue em dezembro: “Já temos uma primeira etapa aberta e agora vamos finalizar a segunda etapa com o parque aquático com as piscinas temáticas, uma área de esportes com mini-golfe, campo de futebol society, infantil, quadras de areia, e estamos trazendo também o Arca Aventura, com tirolesa, escalada, arvorismo e casa na árvore”, conta.

É possível comprar ingressos diários, mas José Roberto destaca que quem quiser já pode comprar antecipadamente os passaportes que dão acesso a todo o Arca Parque: “Temos o passaporte familiar, familiar mais dois, mais quatro e um pacote de amigos, para quatro pessoas. É um produto com preço muito bom para o benefício na qualidade de vida da família goiana”.


E, segundo José Roberto, a perspectiva é aumentar o número de atrações com o passar do tempo: “Como temos uma área muito grande vamos introduzir novas atrações ao longo do tempo. Só estamos utilizando 30% da área que nós temos. Essa expansão de agora vai ficar pronta em dezembro e vamos aumentar conforme o interesse do público”.

Ele também contou que a ideia não é competir com Caldas Novas, e sim atender um mercado próprio: “O foco nosso é atender Goiânia e região metropolitana e cidades próximas do parque que não possuem opções de lazer. Vamos atender todas essas cidades e, é claro, o público de Goiânia. Queremos atrair as pessoas que querem algo mais próximo. É difícil ir pra Caldas Novas e não passar mais de um dia. Agora em 40 minutos quem sair de Goiânia tá dentro do parque e pode voltar no mesmo dia. Além disso, temos opções que Caldas não tem, como a parte de aventura, a parte de pesca. Chegamos com uma solução de lazer completa com comodidade e proximidade”.

Então vá à Trindade: pague suas promessas, demonstre sua Fé e agradeça ao seu Deus; na volta, você já sabe onde descansar.