FolhaPress

Aprovação de Biden atinge pior nível após piora da pandemia e caos no Afeganistão

Ao todo, 50% dos americanos adultos disseram que desaprovam o governo Biden

Aprovação de Biden atinge pior nível após piora da pandemia e caos no Afeganistão
Aprovação de Biden atinge pior nível após piora da pandemia e caos no Afeganistão (Foto: Reprodução - Agência Brasil)

A aprovação do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, caiu ao menor nível desde que ele assumiu o comando do país, em janeiro deste ano, mostra pesquisa do instituto Ipsos e da agência Reuters.

Ao todo, 44% dos americanos adultos disseram que aprovam o governo Biden, enquanto 50% afirmaram que o desaprovam, mostra a pesquisa. O restante se disse indeciso.

Nessa mesma altura de seu mandato, o ex-presidente Donald Trump tinha 38% de aprovação e 57% de desaprovação.

O que causou a queda de aprovação de Biden?

O governo Biden tem perdido popularidade desde o meio de agosto, com a retirada desastrosa das tropas americanas no Afeganistão, encerradas dias após um ataque terrorista matar 13 militares dos EUA.

O aumento recente de casos e mortos pela Covid-19 também fez diminuir o apoio ao governo. Biden tem editado medidas para incentivar a vacinação e voltou atrás na dispensa do uso de máscaras, ações para conter o avanço da variante delta do coronavírus, mas não ordenou fechamento de escolas e comércios.

A pesquisa, que é feita semanalmente, mostrou que o número de americanos que aprovam as ações do governo de combate à pandemia ficou pela primeira vez abaixo de 50% e chegou a 48%. Do outro lado, 46% disseram desaprovar as medidas adotadas. Como a margem de erro é de 4 pontos percentuais, os dois grupos estão empatados.

A pesquisa Reuters/Ipsos foi feita de forma online em 15 e 16 de setembro, com 1.005 adultos, incluindo 442 filiados ao partido Democrata, e 360, ao Republicano. (Reuters)