Cidades

Após roubar residência e fazer família refém, suspeito morre em confronto com a PM em Campinorte

Dois comparsas participaram do crime. Um deles foi preso após ser baleado na boca e procurar atendimento médico em Goianésia, e o outro continua foragido


Kayque Juliano

Do Mais Goiás | Em: 12/02/2019 às 08:44:17


Jóias recuperadas pela polícia durante após o confronto (Foto: Divulgação/ PM)
Jóias recuperadas pela polícia durante após o confronto (Foto: Divulgação/ PM)

Um homem suspeito de envolvimento em roubo de residência foi morto após um confronto com policiais do Comando de Operações de Divisa (COD), na manhã desta segunda-feira (11), em Campinorte, no Norte de Goiás. De acordo com a Polícia Militar (PM), Frank Kleyton Leocadia Alves, 36 anos, e outros dois homens invadiram a casa, fizeram uma família refém e roubaram os objetos do local. Um dos comparsas foi preso e o terceiro continua foragido.

De acordo com a PM, o crime aconteceu na noite de domingo (10), em Mara Rosa. Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que dois dos criminosos descem a rua e entram na casa. Segundo a corporação, os suspeitos fizeram a família refém, na mira de suas armas, por cerca de 1 hora. Posteriormente, eles fugiram levando jóias estimadas em R$ 40 mil, dinheiro em espécie e um veículo GM Ônix, de cor branca. Uma outra imagem de monitoramento mostra o terceiro envolvido com uma arma em punho com uma das vítimas.

Durante a fuga, os suspeitos foram vistos por uma viatura da PM na BR-153 e os policiais tentaram realizar uma abordagem. Contudo, os criminosos resistiram e atiraram contra os militares, que revidaram. Segundo a PM, um dos disparos atingiu a boca de um dos envolvidos, mas mesmo assim eles continuaram a fuga e entraram em uma mata às margens da rodovia.

Foi solicitado o apoio do COD, que permaneceu na região durante toda a noite para tentar localizar o trio. Por volta de 11 horas de segunda-feira (11), um dos suspeitos foi visto saindo de uma plantação de soja, momento em que os militares tentaram uma abordagem. Segundo a corporação, Frank Kleyton atirou contra os policiais, que revidaram. O suspeito foi socorrido e encaminhado para o Hospital Municipal de Campinorte, mas teve a morte constatada na unidade de saúde.

De acordo com a PM, Frank Kleyton tinha uma extensa ficha criminal e era integrante de uma associação criminosa. Ele estava foragido da Justiça pelos crimes de tráfico de drogas, receptação e formação de quadrilha. Com ele, os policiais apreenderam um revólver calibre 38, além das jóias, dinheiro e outros objetos que foram roubados da família.

O segundo suspeito, Natanael Xavier da Silva, 25 anos, foi preso em uma unidade de saúde em Goianésia, após procurar atendimento médico por ter sido baleado na boca pela equipe da PM durante a fuga. O terceiro envolvido continua foragido. O caso foi registrado na Polícia Civil para as medidas de praxe.