Cidades

Após romper tornozeleira para vender caminhonetes roubadas, criminoso fica em prisão domiciliar

Dupla foi presa pela Rotam; mesmo um deles tendo rompido equipamento de monitoração para cometer crime, Justiça autoria que ele vá para prisão domiciliar com novo equipamento

Do Mais Goiás | Postado em: 30/11/2018 às 19:27:28
Após romper tornozeleira para vender caminhonetes roubadas, criminoso fica em prisão domiciliar
Rogério Alves de Assis, de 35 anos tem passagens pela polícia pelo mesmo crime, e confessou ter rompido lacre de tornozeleira eletrônica para não ser preso (Foto: PM-GO)


Compartilhe



Compartilhe