Murillo Soares
Do Mais Goiás

Após recurso judicial negado, Anitta pode ter bens e passaporte bloqueados

A cantora deverá pagar R$ 2,8 milhões imediatamente devido à quebra de contrato com a empresária Kamilla Fialho

Segundo informações do UOL, Anitta teve seu recurso negado em um processo contra sua ex-empresária Kamilla Fialho. A Justiça decidiu que a cantora terá de pagar R$ 2,8 milhões à administradora sob pena de ter seus bens e passaporte bloqueados.

O advogado de Kamilla, Leandro Gomes da Silva, afirmou que Anitta “em total desrespeito à decisão judicial, não depositou a quantia e interpôs recurso”, que foi negado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

O processo entre a popstar e sua ex-empresária corre desde 2014, quando a intérprete de Show das Poderosas deixou a agente para cuidar da carreira sozinha. Fialho, então, abriu um processo de quebra de contrato.