Da Redação
Do Mais Goiás

Após prisão, Cacai Toledo pede afastamento da Codego

No lugar de Cacai, assume interinamente o chefe de Gabinete da companhia, Bonoel Costa Bezerra

Após ser preso, Cacai Toledo, diretor administrativo da Codego, pediu afastamento do cargo no final da tarde desta quinta-feira (16). (Foto: divulgação)

Carlos César Savastano de Toledo, o Cacai Toledo, diretor administrativo da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego) pediu afastamento do cargo no final da tarde desta quinta-feira (16).

Cacai, que também é presidente do DEM de Anápolis, foi preso nesta quarta-feira (15) em uma Operação da Polícia Civil de Goiás que investiga crimes contra a administração pública.

No lugar de Cacai, assume interinamente o chefe de Gabinete da companhia, Bonoel Costa Bezerra, que ocupará o cargo sem prejuízo a sua função original.

A Codego afirmou, através de nota, que continuará colaborando com as investigações da Polícia Civil até o final do inquérito.

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal www.EMAISGOIAS.com.br pelo WhatsApp (62) 98272-3896 ou entre em contato pelo (62) 3259-6500