Após denúncia, Vogue nega sexualização de ensaio infantil

Revista emitiu comunicado oficial contestando acusações de entidades sobre sexualização de fotos com meninas na faixa de 8 ou 9 anos




//
//

Vogue Brasil, responsável pela publicação da Vogue Kids, emitiu na noite de sexta-feira (12/09) comunicado oficial sobre o editorial com meninas chamado “Sombra e Água Fresca”, que gerou repercussão em redes sociais desde quinta-feira (11/09), com críticas afirmando que as fotos estariam sexualizando a imagem das crianças.

Em várias delas, as modelos infantis aparecem de pernas abertas e mostrando as calcinhas. “Seguimos princípios jornalísticos rígidos, dentre os quais o respeito incondicional aos direitos da criança e do adolescente. Como o próprio título da matéria esclarece, retratamos as modelos infantis em um clima descontraído, de férias na beira do rio. Não houve, portanto, intenção de conferir característica de sensualidade ao ensaio”, diz trecho do comunicado.

Posts da página Pediatria Integral no Facebook criticando o editorial tiveram quase 12 mil compartilhamentos e mensagens contra a iniciativa da revista, com comentários sugerindo que houvesse boicote à publicação.

Segue abaixo a íntegra do comunicado emitido pela Vogue Brasil  em sua página no Facebook

 

//

 
Tópicos