Cidades

Cinco suspeitos de roubo a banco morrem após confronto com policiais goianos, em Minas Gerais

Troca de tiros ocorreu no município de Brasilândia de Minas. Com eles, foram apreendidos diversos armamentos e esquipamentos utilizados nas ações criminosas


Joao Paulo Alexandre

Do Mais Goiás | Em: 05/12/2018 às 09:25:55


Foto: Polícia Civil/ Divulgação
Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Cinco homens ainda não identificados e suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada em roubo a bancos morreram em confronto com militares goianos da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) na madrugada desta quarta-feira (5). O confronto ocorreu na cidade mineira de Brasilândia de Minas, a 480 quilômetros de Goiânia.

A operação aconteceu após a prisão, na semana passada, de cinco integrantes da quadrilha que atacou um carro-forte da Prosseguir na tarde do último dia 27 de novembro na BR-040, perto da cidade de Cristalina, em Goiás. Os cinco mortos nessa madrugada seriam os chefes da quadrilha.

Além da Rotam, policiais do Grupo de Antirroubo a Banco (GAB) da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic)  e do Grupo Tático – 3 (GT3) também participaram da operação. Segundo informações preliminares da Polícia Militar (PM), a quadrilha é responsável por diversas ações criminosas nos estados de Goiás, Minas Gerais, Bahia e no Distrito Federal.

Ainda conforme explica a corporação, foram encontrados sob posse dos suspeitos diversos fuzis, pistolas, espingardas e vários equipamentos utilizados nas ações criminosas. Além de bancos, os suspeitos também agiam em assalto a carros-fortes. Os policiais de Goiás mantém buscas pela região à procura de outros integrantes na quadrilha.

Foto: PC/Divulgação

O Mais Goiás pediu mais informações junto à Polícia Civil e Militar de Goiás, mas fomos informados de que Secretaria de Segurança Pública irá apresentar o caso apenas nesta quinta-feira (06).