Explicações

Após avanço na Copa do Brasil, Roth minimiza derrota do Inter com time misto

Time gaúcho pôde se dar ao luxo de escalar um time misto, mesclando titulares e reservas, no confronto de volta diante do Fortaleza

Copa do Brasil

Estadao Conteúdo
Estadao Conteúdo
Do Estadao Conteúdo | Em: 23/09/2016 às 10:33:08


Depois de vencer o jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil por 3 a 0, o Inter pôde se dar ao luxo de escalar um time misto, mesclando titulares e reservas, no confronto de volta diante do Fortaleza, disputado na noite da última quinta-feira, na Arena Castelão, na capital cearense. E, após o confronto, o técnico do time colorado, Celso Roth, minimizou o peso da derrota por 1 a 0 para o adversário, que acabou sendo eliminado da competição nacional.

“(A classificação) Era o que queríamos, não com esse resultado. A classificação era o mais importante”, ressaltou o treinador, antes de saber nesta sexta-feira pela manhã que um sorteio definiria o Santos como próximo adversário do Inter na Copa do Brasil.

Podendo perder por até dois gols de diferença na noite da última quinta-feira, Roth mandou a campo Alex, Anderson, Gustavo Ferrareis, Ceará e Fernando Bob, que há um bom tempo não jogavam como titulares, além de promover a entrada de Brenner, que fez a sua estreia.

“A gente pôde dar uma chance para eles, uma oportunidade, eles têm que aproveitar”, enfatizou Roth, admitindo que o Inter também teve “dificuldades imensas” para se garantir nas quartas de final da Copa do Brasil, embora pudesse ter tomado até mais um gol diante do Fortaleza.

Após avançar na Copa do Brasil, o Inter volta a campo no domingo contra o Atlético-MG, às 18h30, no Independência, em Belo Horizonte, onde precisará vencer para ter chances de terminar a 27ª rodada do Brasileirão fora da zona do rebaixamento. Atualmente a equipe ocupa o 18º lugar, com 27 pontos, dois atrás do Vitória, o 16º e primeiro time fora da área de degola da tabela.