Cidades

Após atirar contra ônibus de torcedores do Vila, torcedor do Goiás é morto na Avenida Anhanguera

Lucas Pereira Neves foi baleado por agentes do Serviço Reservado da Guarda Civil Metropolitana (GCM) após atirar em ônibus onde estavam torcedores do Vila Nova.


Altemar Santos

Do Mais Goiás | Em: 04/02/2018 às 00:04:13


 Lucas Pereira Neves foi baleado por agentes do Serviço Reservado da Guarda Civil Metropolitana (GCM) após atirar em ônibus onde estavam torcedores do Vila Nova.
Lucas Pereira Neves foi baleado por agentes do Serviço Reservado da Guarda Civil Metropolitana (GCM) após atirar em ônibus onde estavam torcedores do Vila Nova.

Um torcedor do Goiás foi morto a tiros na tarde deste sábado (3), na Avenida Anhanguera, no Setor Campinas, em Goiânia. Lucas Pereira Neves, de 25 anos, foi baleado por agentes Guarda Civil Metropolitana (GCM), após atirar em ônibus onde estavam torcedores do Vila Nova.

Conforme informações repassadas pelo guarda civil Rodrigo da Mata Teixeira, da Rondas Ostensivas Municipais (Romu), no início da tarde a GCM recebeu a informação que torcedores armados do Vila Nova haviam entrado em um ônibus do Eixo Anhanguera, no Terminal Vera Cruz, com destino ao Centro de Goiânia.

“No deslocamento nós ouvimos, pelo rádio, que um motoqueiro estaria atirando contra o ônibus perto do Terminal do Dergo, e ao chegarmos no local, encontramos Lucas baleado no chão e muita gente correndo assustada”, relatou.

Segundo apurou o Mais Goiás, Lucas foi baleado por agentes da GCM que passavam pelo local em um carro particular, e que intercederam ao perceber que o condutor de uma motocicleta atirava contra o ônibus.

Os guardas, que não estavam fardados, desceram do carro e trocaram tiros com Lucas, que chegou a ser socorrido, mas morreu logo após dar entrada no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Com ele, os GCMs apreenderam um revólver calibre 38.

 

(Foto: Divulgação)

“Como chegamos rápido, e vários passageiros estavam pulando do ônibus pelas janelas para não serem atingidos pelos disparos, nós desviamos deles, e acabamos colidindo com o veículo”, concluiu.

Os GCMs envolvidos na ocorrência se apresentaram na Central de Flagrantes.