Segurança da mulher

Aplicativo de ‘botão de pânico’ pode facilitar denúncias de violência contra a mulher

Um levantamento feito pelo jornal O Globo, em janeiro des ano, apontou que Goiás ocupava a terceira posição no ranking nacional em casos de feminicídio


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 02/10/2019 às 19:07:27

(Foto: Marcos Santos/USP Imagens)
(Foto: Marcos Santos/USP Imagens)

Um aplicativo para celulares chamado “botão de pânico” pode facilitar denúncias de casos de violência contra a mulher. O Projeto de Lei (PL) que autoriza a criação do app pelo Legislativo foi aprovado na tarde desta quarta-feira (2), na Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). A votação favorável foi unanimidade entre os parlamentares.

O intuito é que o botão envie à central policial a localização da vítima e, dessa forma, a viatura seja enviada, com precisão e rapidez, para atender ao chamado. Além disso, o intuito é que possam ser feitas denúncias anônimas de violência física, verbal e psicológica contra mulheres. Além de incluir fotos e vídeos para auxiliar no caso.

Segundo deputado estadual Delegado Eduardo Prado (PV), autor da proposta., o projeto não trará ônus ao estado, pois os atuais servidores desenvolveriam o aplicativo. “Os próprios servidores do governo podem desenvolver a ideia e criar. Esse dispositivo já foi desenvolvido nestes moldes em Minas Gerais, Espírito Santo, Piauí, dentre outros”, diz.

Um levantamento feito pelo jornal O Globo, em janeiro des ano, apontou que Goiás havia registrado 161 novos processos até novembro de 2018. Com isso, ocupava a terceira posição no ranking nacional em casos de feminicídio.